Carregando...

'Caixas misteriosas' encontradas em praias de Coruripe, AL, viram renda para associação de catadores

Catadores de Coruripe recebem doação de 3 tonaledas de fardos de borracha, encontrados no litoral do município — Foto: Ascom/ Prefeitura de Coruripe

Catadores de Coruripe recebem doação de 3 tonaledas de fardos de borracha, encontrados no litoral do município — Foto: Ascom/ Prefeitura de Coruripe

Os pacotes de borracha que começaram a aparecer em praias de Alagoas em 2018 garantem renda para uma associação de catadores de Coruripe, no Litoral Sul. Nesta terça-feira (31), a prefeitura fez uma doação de mais de 3 toneladas de fardos recolhidos das praias do município. O material foi vendido pela associação a uma empresa de reciclagem.

Os pacotes são fardos de látex provenientes de um navio alemão naufragado na 2ª Guerra Mundial, segundo pesquisadores da Universidade Federal do Ceará (UFC). Começaram a surgir em 2018 no litoral de Alagoas e de outros estados do Nordeste e pararam por um período, mas voltaram a ser encontrados em várias praias de Alagoas em julho desse ano.

A Associação de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis de São José (Ascamare) recebeu da prefeitura de Coruripe 33 fardos doados, que totalizaram 3.680 quilos. O material seria destinado à Central de Tratamento de Resíduos (CTR) do Pilar, mas a prefeitura decidiu fazer a doação para os catadores.

Cada quilo de borracha foi comprado por R$ 1, totalizando R$ 3.680,00 para a associação, que tem autorização ambiental para receber o material e emitir certificado de que a doação teve uma destinação adequada. O material foi vendido para uma empresa que tem alvará de funcionamento específico no setor de borracha.

Fardos de borracha voltaram a aparecer nas praias de Coruripe, em Alagoas — Foto: @deivisonpedroza/arquivo pessoal

Fardos de borracha voltaram a aparecer nas praias de Coruripe, em Alagoas — Foto: @deivisonpedroza/arquivo pessoal

“Foi tudo de acordo no que preconiza as leis ambientais”, disse Rennisy Rodrigues, consultora na área de resíduos sólidos e educadora ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo de Coruripe.

O presidente da Associação de catadores de materiais recicláveis, José Barrerito, ressaltou que a venda dos fardos fortaleceu a renda dos associados no período.

“Receber esse material foi motivo de muita alegria para todos os associados, pois com a venda complementamos nossa renda do mês, que vem caindo por conta da baixa no preço do material reciclável. Tudo que vier para somar será sempre bem-vindo”, destacou ele.

Fardos de borracha voltam a aparecer no litoral de Alagoas após dois anos

Fardos de borracha surgem principalmente no Litoral Sul

Fardos de borracha surgem principalmente no Litoral Sul

Assista aos vídeos mais recentes do G1 AL

200 vídeos

Veja mais notícias da região no G1 AL


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar