Carregando...

VÍDEO: Pitbull solto na rua ataca e mata cachorro pequeno em Palmeira dos Índios, AL

Pitbull ataca e mata cachorro pequeno em Palmeira dos Índios, Alagoas

Pitbull ataca e mata cachorro pequeno em Palmeira dos Índios, Alagoas

Um cachorro pequeno foi atacado e morto por um pitbull na manhã desta quarta-feira (22), na Rua Manoel Gomes da Silva, em Palmeira dos Índios, Agreste de Alagoas. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Em um vídeo compartilhado nas redes sociais (assista acima), é possível ver o cão solto e sem focinheira, atacando o animal menor, que não teve a raça informada. A tutora do animal que morreu se desespera com a situação e chega a passar mal, caindo na calçada. O tutor do pitbull já foi identificado.

A escrivã da Polícia Civil, Luana Paiva, informou que há a informação de que o pitbull fugiu de casa, mas as circunstâncias ainda precisam ser esclarecidas.

“Isso será apurado por meio de procedimento investigativo. Se houve a soltura do animal de forma proposital ele poderá ser enquadrado no artigo 31 da Lei de Contravenções, que é quando falta cautela nos cuidados de animais perigosos”, explica a escrivã.

A Lei de Contravenções Penais considera crime “deixar em liberdade, confiar à guarda de pessoa inexperiente, ou não guardar com a devida cautela animal perigoso”. A pena é de dez dias a dois meses de prisão ou pagamento de multa.

Em contato com o g1, uma moradora da rua onde o caso aconteceu contou que o cachorro que morreu era de um casal de idosos e que a tutora foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Palmeira dos Índios, onde recebeu medicação para ser tranquilizada.

Como estava muito abalada, segundo a Polícia Civil, a tutora não registrou o Boletim de Ocorrência, que deve ser feito nesta quinta (23).

O tutor do Pitbull ainda não foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos e não há previsão de quando isso deve acontecer.

Assista aos vídeos mais recentes do g1 AL

200 vídeos

*Estagiário, sob supervisão de Cau Rodrigues

Veja mais notícias da região no g1 AL


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*