Carregando...

MPF cobra que CREMAL fiscalize médicos que promovem tratamento sem eficácia comprovada contra Covid

Cloroquina e hidroxicloroquina, medicamentos com ineficácia comprovada contra a Covid, chegaram a ser receitados por médicos — Foto: Reprodução/TV Globo

Cloroquina e hidroxicloroquina, medicamentos com ineficácia comprovada contra a Covid, chegaram a ser receitados por médicos — Foto: Reprodução/TV Globo

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao Conselho Regional de Medicina de Alagoas (CREMAL) que fiscalize as condutas dos médicos do estado que promovem tratamento sem eficácia comprovada contra a Covid. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (14).

A recomendação foi expedida na quinta (13) a partir da investigação na Procuradoria sobre a divulgação de tratamentos precoces contra a Covid e o questionamento quanto à necessidade do uso de máscaras de proteção.

Para o MPF, o CREMAL é omisso em fiscalizar as condutas de médicos na pandemia do coronavírus. O órgão federal ressalta que não se pode falar do princípio da autonomia médica sem considerar o trecho do Código de Ética Médica que veda “divulgar, fora do meio científico, processo de tratamento ou descoberta cujo valor ainda não esteja expressamente reconhecido cientificamente por órgão competente”.

A reportagem do g1 tenta contato com o CREMAL.

O MPF também destaca na recomendação que desde maio deste ano as Diretrizes Brasileiras para Tratamento Hospitalar do Paciente com Covid-19, que foram elaboradas pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde do Ministério da Saúde, não recomenda a utilização de cloroquina, hidroxicloroquina ou azitromicina em pacientes hospitalizados com Covid-19.

O CREMAL tem 15 para informar ao MPF se irá seguir a recomendação. Se não houver resposta nesse período, será interpretado que a recomendação não será seguida.

VÍDEO: MPF abre investigação contra o Conselho Federal de Medicina

MPF abre investigação contra o Conselho Federal de Medicina por suspeita de apoiar tratamento ineficaz contra Covid

MPF abre investigação contra o Conselho Federal de Medicina por suspeita de apoiar tratamento ineficaz contra Covid

Veja os vídeos mais recentes do g1 AL

200 vídeos

Veja mais notícias da região no g1 AL


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*