Carregando...

Estado de saúde da motorista por aplicativo baleada em Maceió é grave; vídeos mostram buscas

Homens realizaram buscas por motorista baleada no Benedito Bentes, em Maceió

Homens realizaram buscas por motorista baleada no Benedito Bentes, em Maceió

O Hospital Geral do Estado (HGE), onde está internada Alayne da Silva Oliveira, de 28 anos, motorista por aplicativo baleada na noite de domingo (19) em Maceió, informou na manhã desta segunda-feira (20) que seu estado de saúde é grave. Vídeos gravados por colegas mostram as buscas realizadas por outros motoristas enquanto a vítima ainda estava desaparecida (assista acima).

De acordo com o irmão de Alayne, ela teria sofrido uma tentativa de latrocínio, quando três criminosos tentaram matá-la para roubar o carro. A informação inicial é de que ela tinha sido baleada na cabeça e nas costas, mas o hospital informou ao g1 que exames comprovaram apenas o tiro na cabeça.

"A paciente Alayne da Silva Oliveira, de 28 anos, está em atendimento na Área Vermelha e seu quadro de saúde é considerado grave. Ela chegou nesta segunda-feira (20), às 8h53, com ferimento causado por arma de fogo na cabeça", diz trecho da nota do HGE.

Alayne da Silva Oliveira é motorista cadastrada em um aplicativo de viagens que transporta apenas mulheres. No momento do crime, ela realizava uma viagem para uma passageira, quando foi abordada por três homens, baleada e teve seu carro levado. Não há informações sobre a passageira que era transportada no momento do crime.

Após perceber a ausência da motorista, Alan Berg, irmão de Alayne, que também é motorista por aplicativo, observou no rastreador instalado no veículo dela que o veículo foi até a Avenida Cachoeira do Meirim, onde permaneceu parado por cerca de 35 minutos. Depois rodou por mais 6 km para frente e de lá foi para Chã Nova e para a Ponta Grossa, onde o carro foi abandonado.

Motorista por aplicativo Alaine da Silva Oliveira, 29 anos, foi baleada em Alagoas — Foto: Arquivo Pessoal

Motorista por aplicativo Alaine da Silva Oliveira, 29 anos, foi baleada em Alagoas — Foto: Arquivo Pessoal

Alan, então acionou a polícia e também outros colegas motoristas, que fizeram buscas para tentar encontrar a motorista. “Com essas informações, a Polícia Militar conseguiu localizar a vítima e o carro”, disse o irmão da motorista.

Após ser socorrida, a vítima foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Benedito Bentes, onde recebeu os primeiros atendimentos, e de lá foi transferida para o HGE.

A Polícia Militar fez buscas pelos criminosos, mas ninguém foi preso. Não há informações sobre suspeitos.

Quem tiver alguma informação que ajude a polícia a identificar os criminosos pode ligar para o Disque Denúncia no telefone 181. A ligação é gratuita e não precisa ser identificada.

Motorista por aplicativo é baleada no Benedito Bentes durante corrida

Motorista por aplicativo é baleada no Benedito Bentes durante corrida

Assista aos vídeos mais recentes do g1 AL

200 vídeos

Confira mais notícias da região em g1 AL


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*