Carregando...

Alagoas tem mais de 39 mil pessoas desabrigadas e desalojadas por causa da chuva

Já passa de 39 mil o número de pessoas desabrigadas e desalojadas pelas chuvas em Alagoas, segundo informou a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) na tarde deste domingo (3). A chuva atinge o estado desde maio. Em junho o volume de água diminuiu, mas desde sexta-feira (1), a chuva voltou a cair com intensidade em várias regiões.

  • Compartilhe no WhatsApp
  • Compartilhe no Telegram

Em todo estado, 6.192 pessoas estão desabrigadas e 33.091 moradores desalojados. Foram registradas duas mortes desde maio até o momento. No total, 39.285 pessoas foram afetadas pelas chuvas em Alagoas.

LEIA TAMBÉM:

  • VÍDEO: bebê é resgatado pelo telhado de casa em Murici
  • Cidades da região metropolitana de Maceió têm fornecimento de água suspenso

O município com maior número de pessoas desabrigadas e desalojadas é Coruripe, no litoral sul, que contabiliza 3.936 afetadas. Em seguida aparece São José da Laje, com 3.883 pessoas afetadas. Na sexta, o nível do rio Canhoto subiu e transbordou(veja no vídeo abaixo) em áreas rurais da cidade, segundo a Defesa Civil municipal. A água chegou a cobrir o letreiro da cidade.

VÍDEO: Enxurrada cobre letreiro da cidade de São José da Laje, em Alagoas

VÍDEO: Enxurrada cobre letreiro da cidade de São José da Laje, em Alagoas

A chuva provocou transbordamento de rios e lagos em pelo menos 10 municípios do interior do Estado durante o fim de semana. Moradores temem que o cenário de junho de 2010, quando uma enchente arrasou 19 municípios de Alagoas, se repita.

Em Rio Largo, região metropolitana de Maceió, a força da água causada pelo transbordamento do rio Mundaú abriu uma cratera deixando os moradores sem acesso à cidade pela Gustavo Paiva. Quem precisa entrar ou sair da cidade, deve seguir pela Mata do Rolo.

Rio Mundaú transbordou em Rio Largo, AL

Rio Mundaú transbordou em Rio Largo, AL

A Sala de Alerta da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Smarh) informou que o volume de chuva que atingiu Alagoas nos últimos dois meses superou o esperado para o ano inteiro no estado.

O número de cidades em situação de emergência por causa das chuvas subiu para 51 em todo estado. O dado foi atualizado por meio de um decreto do Governo do Estado publicado em edição especial do Diário Oficial na noite de sábado (2).

Em pelo menos seis municípios trechos de rodovias federais que cortam Alagoas continuam com pontos de interdição neste domingo (3) por causa das chuvas. A informação é da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que está atualizanda a cada período do dia.

Força da água destrói parte da BR-101 em Novo Lino, Alagoas

Força da água destrói parte da BR-101 em Novo Lino, Alagoas

Chuvas provocam estragos em Alagoas durante fim de semana

43 vídeos

Veja mais notícias da região no g1 AL


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Calendar