Carregando...

Polícia atualiza total para 35 presos por ataques no Amazonas

Dados foram repassados durante coletiva de imprensa nesta terça-feira (8).— Foto: Matheus Castro/G1

Dados foram repassados durante coletiva de imprensa nesta terça-feira (8). — Foto: Matheus Castro/G1

O secretário de Segurança Pública do Amazonas, Luismar Bonates, atualizou nesta terça-feira (8) o número de presos pelos ataques ocorridos no estado desde o fim de semana. Segundo ele, são 35, sendo 19 na capital e 16 no interior.

"Nós tivemos 35 prisões até essa terça-feira (8). Na capital, foram 19 e no interior 16", declarou.

Manaus não registrou nenhum ataque entre a noite de segunda-feira (7) e a madrugada desta terça-feira (8). Essa é a primeira vez em dois dias que a capital do Amazonas segue sem ocorrências da onda de violência, que começou no fim de semana.

Durante a coletiva, Bonates afirmou que 144 policiais da Força Nacional de Segurança a partir desta terça-feira (8), segundo o secretário de Segurança Pública do Amazonas, coronel Louismar Bonates. A capital e outras cidades do interior foram alvos de ataques desde o fim de semana.

Leia mais

  • VIOLÊNCIA: Manaus não registra ataques; criminosos agem no interior do AM
  • FORÇA NACIONAL: Relembre últimas vezes que tropas foram enviadas para o AM
  • ONDA DE ATAQUES: O que se sabe o que falta saber

Entenda o que motiva os ataques no Amazonas

Entenda o que motiva os ataques no Amazonas

Lideranças presas

Bonates também explicou que três líderes do grupo responsável pelos ataques no estado já foram identificados. Ele afirmou que o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), um núcleo especializado da Polícia Civil, está conduzindo os inquéritos policiais, que deverá ser encaminhado para a Justiça.

"Estão sendo coordenados pela Polícia Civil os inquéritos policiais para depois se remeter para a Justiça. E se assim a Polícia Civil e a Justiça entenderem que eles devem ser encaminhados para presídios federais, isso será solicitado", explicou.

De acordo com as informações repassadas pela Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-AM), o primeiro mandante dos ataques identificado foi preso ainda no domingo. A prisão ocorreu em uma residência de luxo no bairro Novo Aleixo, na Zona Norte. Para a polícia, ele foi um dos autores intelectuais dos ataques e incêndios em Manaus.

Já o segundo homem identificado foi preso na madrugada de segunda-feira (7), no Colônia Terra Nova. Com o suspeito foram apreendidas uma submetralhadora, porções de cocaína e uma quantia em dinheiro. Por fim, o terceiro líder identificado foi detido nesta terça-feira (8) no Puraquequara, na Zona Leste.

A prisão ocorreu em parceria com a Delegacia de Repreensão a facções criminosas do Pará. Segundo os agentes, o homem fazia parte da cúpula de uma organização criminosa no estado vizinho. Ele estaria no Amazonas para se esconder, já que é suspeito de articular a morte de diversos agentes públicos e possuir mandado de prisão pelos crimes de homicídio qualificado, roubo e associação ao tráfico de drogas.

Na segunda-feira (7), a Polícia também prendeu um dos homens suspeitos de tentar incendiar o prédio do 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP) na capital. Ele está na contagem oficial da SSP dos 35 presos.

Em Caapiranga, criminosos ateiam fogo a veículos em delegacia

Em Caapiranga, criminosos ateiam fogo a veículos em delegacia

Ataques no interior

O município de Caapiranga, distante 184 quilômetros de Manaus, registrou um ataque ao prédio da delegacia da cidade. Uma viatura da Polícia Militar, dois veículos da Polícia Civil e um carro particular foram queimados. Segundo a PM, os quatro veículos estavam no pátio da Delegacia.

Uma escola municipal da zona rural de Careiro Castanho, município distante 124 quilômetros de Manaus, foi incendiada por criminosos na madrugada desta terça-feira (8). A escola fica em um assentamento em que vivem 251 famílias, no quilometro 115 da BR-319.

Circulação de ônibus em Manaus

Depois de dois dias de serviço suspenso ou realizado de formal parcial, a frota do transporte coletivo de Manaus voltou a operar com 100% dos veículos na manhã desta terça-feira (8). Em nota, o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) informou que por não haver ocorrências de ataques contra ônibus do transporte coletivo durante a madrugada, a frota completa voltou a circular normalmente a partir das 6h.

Terminal de ônibus registra movimento intenso na manhã desta terça. Ônibus voltaram a circular — Foto: Paulo Frazão/Rede Amazônica

Terminal de ônibus registra movimento intenso na manhã desta terça. Ônibus voltaram a circular — Foto: Paulo Frazão/Rede Amazônica

Veja os vídeos mais assistidos do G1 AM

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*