Carregando...

Amigos e familiares de ciclista morto em assalto no Dique do Tororó se reúnem em ato na capital baiana

Amigos e familiares de ciclista morto em assalto no Dique do Tororó participam de ato no mesmo local do crime, em Salvador — Foto: Arquivo Pessoal

Amigos e familiares de ciclista morto em assalto no Dique do Tororó participam de ato no mesmo local do crime, em Salvador — Foto: Arquivo Pessoal

Familiares e amigos do ciclista Rodrigo Castro, vítima de latrocínio, enquanto pedalava no Dique do Tororó, ponto turístico de Salvador, participaram de um ato neste domingo (3) para lembrar o jovem de 24 anos. Além disso, o grupo realizou um passeio ciclístico onde pediu por celeridade nas investigações.

  • Suspeito de participação na morte de ciclista durante assalto tem prisão convertida
  • Amigos de ciclista morto em assalto no Dique do Tororó protestam por justiça, em Salvador
  • Familiares de ciclista morto em assalto participam de missa no dia do aniversário da vítima

O passeio foi iniciado na mesma região onde ocorreu o crime. O grupo saiu do Dique do Tororó, no trecho em frente à Arena Fonte Nova, passou pelo local do crime, e seguiu até o Farol da Barra, local bastante frequentado por Rodrigo Castro, conforme contaram os familiares. A Polícia Militar acompanhou o ato pacífico.

Algumas pessoas que participaram do ato usaram camisas com com a foto de Rodrigo Castro — Foto: Arquivo Pessoal

Algumas pessoas que participaram do ato usaram camisas com com a foto de Rodrigo Castro — Foto: Arquivo Pessoal

Alguns dos amigos e familiares usaram uma camisa com a foto de Rodrigo junto com a frase: 'Amor eterno'. Cartazes foram presos em veículos e em um deles estava a frase: 'Pai e mãe te ama. Sempre saudades'.

Cartaz em carro usado em ato que reuniu familiares e amigos do ciclista Rodrigo Castro, em Salvador — Foto: Arquivo Pessoal

Cartaz em carro usado em ato que reuniu familiares e amigos do ciclista Rodrigo Castro, em Salvador — Foto: Arquivo Pessoal

Caso

Rodrigo Castro foi morto na noite do dia 1° de junho enquanto pedalava no Dique do Tororó. Um homem, suspeito de envolvimento na morte dele, foi preso um dia depois do crime, enquanto vendia drogas no Dique do Tororó.

A prisão do suspeito foi convertida para preventiva. O crime contra Rodrigo é investigado como latrocínio, que é o roubo seguido de morte, já que a bicicleta dele foi levada durante a ação. No momento em que foi abordado pelo suspeito, Rodrigo conversava com a namorada no celular, Cíntia Sampaio.

Pai de ciclista morto em assalto no Dique do Tororó, em Salvador, retira bicicleta recuperada pela polícia de delegacia — Foto: Redes sociais

Pai de ciclista morto em assalto no Dique do Tororó, em Salvador, retira bicicleta recuperada pela polícia de delegacia — Foto: Redes sociais

Cerca de 13 dias após o crime, o pai do ciclista retirou a bicicleta do filho da delegacia. O equipamento foi recuperado pela Polícia Civil no dia 10 de junho.

A Polícia Civil não detalhou com a bicicleta foi recuperada e se alguém foi preso. O órgão afirmou que mais informações não estão sendo divulgadas para não atrapalhar as investigações.

Ciclista morre após ser baleado no Dique do Tororó em Salvador — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Ciclista morre após ser baleado no Dique do Tororó em Salvador — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Veja mais notícias do estado no g1 Bahia.

Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻

5 vídeos

Ouça 'Eu Te Explico' 🎙


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Calendar