Carregando...

Mototaxista suspeito de matar colega por disputa de passageiro vai a júri popular quatro anos após o crime no norte da Bahia

Homem acusado de assassinar mototaxista em 2018 é julgado em Juazeiro

Homem acusado de assassinar mototaxista em 2018 é julgado em Juazeiro

O mototaxista suspeito de matar um colega de trabalho por disputa de passageiro vai a júri popular nesta quinta-feira (4), no Fórum de Juazeiro, no norte da Bahia. Francisco Leite Barbosa teria atirado contra Alan Kardec Magalhães Vicente após um desentendimento, em maio de 2018.

Horas antes do julgamento, familiares da vítima se reuniram no local e fizeram um ato. Eles pedem que o homem seja condenado pelo crime, depois de ter sido preso e recorrido à Justiça em 2019 para responder em liberdade.

No julgamento desta quinta-feira, ele será submetido ao júri pela prática de homicídio duplamente qualificado: por motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima. Caso seja condenado, pode pegar pena de 12 a 30 anos de prisão.

Na época do crime, Francisco e a vítima estavam próximo ao Mercado do Produtor, em Juazeiro, quando Alan Kardec foi atingido. Ele chegou a ser socorrido por colegas para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, de lá, transferido para o Hospital de Traumas, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Veja mais notícias do estado no g1 Bahia.

Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻

17 vídeos

Ouça 'Eu te explico' 🎙


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar