Carregando...

Indígena de 14 anos é morto a tiros no extremo sul da Bahia

Indígena de 14 anos foi baleado na madrugada de domingo (4). — Foto: Redes sociais

Indígena de 14 anos foi baleado na madrugada de domingo (4). — Foto: Redes sociais

Um indígena de 14 anos, do povo Pataxó, foi morto a tiros em uma fazenda localizada na cidade de Prado, no extremo sul da Bahia, na madrugada deste domingo (4).

A vítima foi identificada como Gustavo Conceição da Silva. Segundo a Polícia Civil, não há informações sobre a autoria, nem sobre a motivação do crime.

Em uma foto divulgada nas redes sociais, Gustavo aparece segurando um cartaz escrito: "os Pataxó pede socorro".

O Colégio Estadual Indígena Kijetxawê Zabelê, localizado na Terra Indígena Comexatibá, em Prado, publicou uma nota de pesar sobre a morte do jovem, que era ex-aluno da instituição. De acordo com os profissionais responsáveis pela escola, um outro adolescente teria sido baleado, mas a informação não foi confirmada pela polícia.

O corpo do adolescente passará por perícia e o caso é investigado pela Delegacia Territorial de Prado.

Veja mais notícias do estado no g1 Bahia.

Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻

7 vídeos

Ouça 'Eu Te Explico' 🎙


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar