Carregando...

Estúdio News discute os efeitos da inadimplência para os negócios - Notícias - R7 Brasil

Os efeitos do aumento da taxa de juros nos últimos meses ainda vão se refletir no mercado, e a tendência é que o número de inadimplentes aumente. Hoje, são mais de 66 milhões de brasileiros inadimplentes.

Ter o nome negativado e perder o poder de crédito prejudica o ambiente de negócios e é desfavorável tanto para aquele que quer consumir quanto para aquele que está vendendo.

“Aquela pessoa que ficou inadimplente vai em busca de um novo crédito quando ela precisa consumir, comprar algum bem ou mesmo se apertou e precisa de um bem básico. E vai ao comércio buscar esse crédito e acaba não conseguindo se estiver negativada. Por outro lado, o varejista, o comerciante, fica sem receber. Ele tem a saída da venda, mas não recebe, ou seja, ele perdeu estoque, o valor que ele teve de matéria-prima, que ele gastou naquele serviço ou produto e não recebe de novo”, diz Merula Borges, especialista em finanças da CNDL.

A Serasa se juntou a mais de 40 empresas para ajudar os consumidores a negociar suas dívidas, disponibilizando o serviço gratuito Serasa Limpa Nome, que funciona diariamente até o final de agosto nos canais oficias da empresa.

Aline Maciel, gerente da Serasa, explica que a reincidência é a pior coisa para o CPF, porque as empresas na hora de concederem crédito para os clientes olham o histórico de pagamento dos últimos 5 anos. Se a pessoa teve uma, duas, três negativações, significa que é um consumidor que tem a tendência a negativar.

“Houve um aumento na dívida de cartão de crédito, um pouco mais de 28%. Em pesquisa, vimos que os consumidores usam o cartão de crédito para se alimentar. Esses gastos acabam sendo com supermercado”, acrescenta Aline.

Segundo pesquisa da CNDL, a reincidência das pessoas que estavam inadimplentes e voltam a ficar negativadas é de quase 84%. “Mais do que uma questão pontual, mais do que uma questão de crise econômica e pandemia, tem também uma questão de educação financeira. Muita gente não sabe quanto ganha, não consegue estimar tão bem quanto gasta e acaba ficando negativado, demorando a sair dessa situação de negativação. Aí, fica com o ambiente todo prejudicado”, ressalta Merula.

O Estúdio News vai ao ar aos sábados, às 22h15. A Record News é sintonizada pelos canais de TV fechada 55 Vivo TV, 78 Net, 32 Oi TV, 14 Claro, 19 Sky e 134 GVT, além do canal 42.1 em São Paulo e demais canais da TV aberta em todo o Brasil.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Calendar