Carregando...

Servidor da UnB que atropelou e matou ciclista é solto em audiência - Notícias - R7 Brasília

A Justiça do Distrito Federal decidiu que o servidor da Universidade de Brasília (UnB) acusado de atropelar e matar um ciclista deve responder ao processo em liberdade. Marco Antônio Ferreira Lopes, 29 anos, foi solto após audiência de custódia realizada nesta terça-feira (12) pelo 1º juizado especial criminal de Planaltina.

O crime aconteceu na manhã do último domingo (10), quando o servidor atingiu o ciclista Gilson da Silva, 36, que pedalava pela Avenida Goiás, em Planaltina. Segundo a Polícia Militar, o motorista apresentava sinais de embriaguez e se negou a fazer o teste do bafômetro.

A corporação ainda afirma que Marco Antônio foi conduzido à 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina), onde foi feito o laudo de constatação de alcoolemia, e ele acabou preso. A defesa do motorista, no entanto, nega a versão da PM e argumenta que ele não estava embriagado, tendo recusado o bafômetro em um momento de choque pelo acidente.

Gilson chegou a ser resgatado com vida pelo Corpo de Bombeiros Militar do DF (CMBDF), mas com quadro instável, inconsciente e com traumatismo crânio encefálico grave. Ele foi levado ao Hospital Regional de Planaltina, mas morreu horas depois de dar entrada na unidade hospitalar.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*