Carregando...

Bolsonaro vai ao interior de SP participar de feira de agronegócio - Notícias - R7 Brasília

O presidente Jair Bolsonaro (PL) viaja nesta quinta-feira (12) à cidade de Pariquera-Açu (SP) para visitar uma feira de bananicultira e agronegócio. O evento, que tem o nome de Feibanana é promovido pela Associação dos Bananicultores do Vale do Ribeira (Abavar) e reúne produtores rurais para discutir práticas de cultivo e manejo agrícolas.

De acordo com os organizadores, são  esperadas aproximadamente três mil parcipantes nos três dias de evento que contará também com palestras voltadas aos produtores de banana.  Não é a primeira vez que Bolsonaro foi a Pariquera-Açu em um compromisso oficial. Em 2020, ele lançou o projeto de uma ponte no município. 

Na quarta-feira (11), Bolsonaro esteve em Maringá (PR) para participar da abertura da Expoingá. Na cidade paranaense, o presidente conduziu uma motociata do aeroporto até o local da exposição agropecuária. No evento, ele voltou a colocar em suspeição o sistema eleitoral brasileiro. Bolsonaro disse não temer o resultado das eleições presidenciais deste ano e destacou que o governo não aceita provocações, sem especificar os autores e quais são as ofensas.

"Nós sabemos o que está em jogo. Todos sabem o que o governo federal defende: a paz, a democracia e a liberdade. Um governo que não aceita provocações, um governo que sabe da sua responsabilidade para com o seu povo", afirmou Bolsonaro.

Durante pronunciamento, Bolsonaro avaliou o Brasil como um "país abençoado", diante da alta registrada nos preços dos combustíveis e em alimentos e a inflação. "Apesar de a inflação estar alta no Brasil, bem como a questão dos combustíveis, na nossa terra os efeitos são menores", disse.

De acordo com dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) divulgados pelo IBGE na quarta-feira (11), a inflação oficial de preços no Brasil alcançou 12,13% no acumulado dos últimos 12 meses. Trata-se do maior nível para o período de um ano desde outubro de 2003, quando o índice apresentava alta de 13,98% na mesma base de comparação.

Antes da viagem a Maringá, Bolsonaro voltou a criticar o ministro do STF, Alexandre de Moraes. Em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada, o presidente disse que Moraes derrubou parte da medida do governo que reduziu o imposto sobre produtos industrializados, o que, segundo Bolsonaro, prejudicaria a luta contra a inflação. "Quando eu cortei o IPI, por exemplo, ia subir muita coisa, veículos, motocicleta, linha branca. Não quer dizer que baixou os preços na ponta da linha, mas não subiu. Infelizmente, o Alexandre de Moraes derrubou parte do IPI", disse Bolsonaro. 


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*