Carregando...

Queiroga vai fazer caminhada no Rio para incentivar atividade física - Notícias - R7 Brasília

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, visitará o Rio de Janeiro neste final de semana e fará uma caminhada, do Leme a Copacabana, na Zona Sul, para estimular a prática de atividade física. O passeio está agendado para as 8 horas de domingo (15), com saída da praça Almirante Júlio de Noronha. Está prevista a participação de outros políticos.

Na ocasião, Queiroga lançará a ação Incentivo de Atividade Física (IAF). O objetivo é aumentar a realização desse tipo de prática entre a população, principalmente para pessoas com doenças crônicas não transmissíveis.

Para isso, o ministério investirá quase R$ 100 milhões só neste ano. O repasse será feito aos centros de saúde, unidades básicas, postos de saúde e unidades móveis fluviais. Entre as medidas, estão a contratação de profissionais de educação física, adequação dos ambientes já existentes para a prática de atividade e compra de materiais.

De acordo com dados da Global Burden of Disease (GBD), as doenças cardiovasculares são a primeira causa de morte no Brasil, com aumento de portadores de 1,4 milhão, em 1990, para 4 milhões, em 2019.

A hipertensão arterial, por exemplo, é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. No país, conforme a Pesquisa Nacional de Saúde, a hipertensão atingia, em 2019, 23,9% dos indivíduos, correspondendo a 38 milhões de pessoas, sendo maior entre as mulheres (26%) do que entre os homens (21%).

Ainda segundo a pesquisa, mais da metade das pessoas (60%) mostrou condição de excesso de peso, ou seja, cerca de 96 milhões de pessoas apresentaram o Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 25 kg/m². O estudo indica maior prevalência de excesso de peso entre mulheres (62%) do que entre homens (57%).

Diante do cenário, o ministério lança também uma funcionalidade, dentro do aplicativo Conecte SUS, para estimular hábitos saudáveis. A ferramenta Peso Saudável traz o "Programa 12 Semana", com orientação para que o usuário tenha uma rotina balanceada.

O usuário terá, a cada semana, orientações e desafios relacionados a atividade física e alimentação saudável, com acompanhamento do progresso. As orientações serão feitas por profissionais do ministério, com base no Guia Alimentar para a População Brasileira e demais materiais da Secretaria de Atenção Primária à Saúde.

Uma das orientações será a influência do ambiente na alimentação. O desafio será comer com regularidade e atenção em locais apropriados e, sempre que possível, com companhia, além de fazer refeições longe de telas.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*