Carregando...

UnB deixa de exigir uso de máscara e certificado de vacinação - Notícias - R7 Brasília

A partir de 22 de maio, o uso da máscara de proteção e o comprovante de vacinação contra Covid-19 não vão ser mais obrigatórios na Universidade de Brasília (UnB). A decisão veio após o Ministério da Saúde decretar o fim do Estado de Emergência em Saúde Pública.

Os servidores da universidade também vão voltar ao trabalho presencial. Eles estavam amparados pela Instrução Normativa 90, do Ministério da Economia, mas o Conselho de Administração da UnB decidiu pela retorno por meio de votação.

A reitora Márcia Abrahão garantiu que campanhas para conscientizar o uso de máscaras em ambientes fechados e a vacinação contra Covid-19 continuarão a ser feitas. “É uma decisão difícil como todas as outras que tomamos desde o início da pandemia, mas que exige de nós serenidade, compromisso público e compromisso com a legislação brasileira”, disse.

A resolução aprovada revoga duas resoluções que estavam em vigor na universidade (051/2021 e 001/2022), e os servidores devem retornar o trabalho presencial em 6 de junho.

A diretora da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Simone Perecmanis, parabenizou a gestão da universidade na pandemia e sugeriu que as unidades tivessem autonomia para obrigar o uso de máscaras.

“Receio que teremos uma janela epidemiológica entre a terceira e quarta dose que podemos estar com anticorpos muito baixos e o uso da máscara se faz necessário, por pelo menos mais um semestre”, disse.

Na última quarta-feira (11), a taxa de transmissão da Covid-19 atingiu 1,22, segundo o boletim da Secretaria de Saúde do DF.  Isso significa que 100 pessoas com a doença transmitem para outras 122. O indicador acima de 1 mostra que a pandemia está fora de controle.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*