Carregando...

Bolsonaro diz que 'é ameaçado de prisão quando deixar governo' - Notícias - R7 Brasília

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse, nesta quinta-feira (4), que tem sido ameaçado de prisão caso deixe o governo. A declaração foi feita pelo candidato à reeleição durante evento  evangélico em São Paulo.

"O pessoal sabe, quando anda comigo, quantas vezes eu falo para vocês: é muito mais fácil estar do outro lado, mas muito mais fácil, e não estar sendo ameaçado de cadeia quando deixar o governo", disse Bolsonaro.

"E qual é a acusação e qual é o crime? O mesmo que foi acusado de cometer uma senhora de nome Jeanine Añez, ex-presidente da Bolívia. Está presa, condenada a 10 anos. Qual é a acusação? Atos antidemocráticos. Alguém lembrou algum inquérito no Brasil com esse nome?", completou.

Bolsonaro exemplificou a afirmação com as indicações dos desembargadores Messod Azulay e Paulo Sérgio Domingues ao Superior Tribunal de Justiça. Eles ainda precisam passar por sabatina no Senado Federal e, em caso de aprovação, serão nomeados para os cargos. As indicações tiveram intensa articulação nos bastidores e representou uma derrota aos ministros Gilmar Mendes e Luiz Fux.

Depois citou o caso da ex-presidente da Bolívia, Jeanine Añez. Em junho, ela foi condenada a 10 anos de prisão sob a acusação de ter realizado um golpe contra seu antecessor, Evo Morales, em 2019. O Tribunal de Primeira Instância de La Paz anunciou a decisão sobre a sentença após a condenação por descumprimento de deveres e resoluções contrárias à Constituição e às leis.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar