Carregando...

Emissões de poluentes crescem após retomada econômica mundial

Após caírem por causa da pandemia de Covid-19, as emissões de poluentes no mundo estão voltando a crescer rapidamente. É o que mostra o Relatório de Transparência Climática, o maior levantamento do mundo sobre as ações ambientais que estão sendo adotadas pelas 20 nações mais ricas do planeta (G20).

O documento foi elaborado por especialistas de 16 instituições de pesquisa e também por grupos ambientais. De acordo com o relatório, as emissões de gás carbônico pelo G20 vão aumentar 4% neste ano — após caírem 7% no ano passado por conta dos bloqueios da pandemia.

China, Índia e Argentina devem exceder os níveis de emissão de poluentes registrados em 2019, ano anterior à Covid-19.

O relatório é um alerta importante antes da COP26, conferência sobre o clima das Nações Unidas, que vai começar em 31 de outubro, em Glasgow, na Escócia. A COP26 tem como objetivo garantir que países de todo o mundo adotem metas ambiciosas para limitar o aquecimento global a, no máximo, 1,5 grau acima dos níveis pré-industriais.

O documento apresentado nesta quinta-feira (14) indica o que o G20 tem feito até o momento ainda não é suficiente e metas mais abrangente são necessárias. Ainda segundo o Relatório de Transparência Climática, entre 1999 e 2018, o mundo registrou quase 500 mil mortes e teve prejuízo de US$ 3,5 trilhões em consequência das mudanças climáticas.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*