Carregando...

Estoque de crédito avança 2% em setembro, para R$ 4,428 trilhões, diz BC

O saldo de operações de crédito totalizou R$ 4,429 trilhões em setembro. O número representa alta de 2% em relação ao resultado de agosto. Também é um avanço de 16% em relação ao mesmo mês de 2020.

Os números são da Nota Monetária de Crédito, divulgada nesta segunda-feira (25) pelo Banco Central (BC). A concessão de crédito foi de R$ 445 bilhões, 13,7% a mais que em setembro do ano passado.

Para pessoas físicas, o saldo das operações de crédito cresceu 19,4% ante setembro de 2020 e 1,9% em relação a agosto deste ano. Já para empresas, a alta foi de 11,6% e 2,3%, na comparação anual e mensal, respectivamente.

A taxa de inadimplência permaneceu estável na comparação mensal, a 2,3% do saldo total das operações de crédito, e recuou 0,1 ponto percentual ante setembro do ano anterior.

Nos recursos livres, o estoque de crédito atingiu R$ 2,599 trilhões em setembro, com crescimento de 11,9% ante mesmo mês do ano passado. Ainda nesse segmento, a concessão de crédito somou R$ 387,5 bilhões no período, com alta de 18,6%.

Já o crédito com recursos direcionados, que é aquele subsidiado por governos, somou R$ 1,829 trilhão em setembro. O valor é 7,8% maior que o registrado em setembro do ano passado. A concessão de crédito totalizou R$ 57,6 bilhões, com alta de 11,8%.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*