Carregando...

Bolsas da Ásia fecham em baixa, com temor renovado sobre setor imobiliário chinês

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa nesta sexta-feira (5) em meio a preocupações renovadas com a frágil situação financeira do setor imobiliário chinês.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng teve queda de 1,41%, a 24.870,51 pontos, pressionado por ações de incorporadoras chinesas como a Evergrande (-2,54%), que vem enfrentando graves problemas de liquidez nos últimos meses, gerando temores sobre a solidez da indústria imobiliária da China.

O mau humor foi deflagrado pela suspensão de negócios com ações da incorporadora chinesa Kaisa em Hong Kong, após a unidade financeira da empresa falhar no pagamento de uma dívida de um produto de gestão de riquezas. Assim como a Evergrande, a Kaisa é um grande emissor de bônus no mercado internacional.

Na China continental, o Xangai Composto caiu 1%, a 3.491,57 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto recuou 0,77%, a 2.406,42 pontos.

Em outras partes da Ásia, o japonês Nikkei teve baixa de 0,61% em Tóquio, a 29.611,57 pontos, e o sul-coreano Kospi cedeu 0,47% em Seul, a 2.969,27 pontos.

Exceção na Ásia, o Taiex subiu 1,28% em Taiwan, a 17.296,90 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana contrariou o tom predominantemente negativo da Ásia, e o S&P/ASX 200 avançou 0,39% em Sydney, a 7.456,90 pontos, na esteira de novos recordes do S&P 500 e do Nasdaq ontem em Wall Street.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*