Carregando...

Empreendedorismo promove empoderamento de negros

Um movimento chamado “Black Money”, que apoia ideias da população negra no âmbito da economia, vem ganhando cada vez mais espaço. A ação acontece em um país com uma estimativa de 14 milhões de empreendedores negros.

Segundo a fundadora da Feira Preta e CEO da Pretahub, Adriana Barbosa, o termo se refere à circulação de dinheiro entre os negros. À CNN, a empreendedora afirmou se tratar de um “ato político”.

Um dos empresários que promove a movimentação da economia nesse sentido é Fernando Cândido, proprietário da Rap Burger. O cardápio da hamburgueria leva nomes de estrelas do rap e do hip hop.

“Sempre que eu ia sair tinha dificuldade de encontrar um local que me sentisse à vontade”, disse Cândido, que é negro. “E essa dor não era só minha, era de parte da população brasileira também”, completou explicando como veio a inspiração para fundar o local, que tem o objetivo fazer a população negra se sentir à vontade.

Outro exemplo de empreendedorismo negro é o da criadora da Ayo Moda Infantil Wanessa Yano, que percebeu que faltavam opções de roupas para que as crianças negras pudessem se inspirar na cultura e na vestimenta de pais e mães.

“Só sigo um processo natural”, disse Wanessa à reportagem.

 


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*