Carregando...

Presidente da Petrobras vai a Brasília um dia após troca no Ministério de Minas e Energia

Um dia após o economista Adolfo Sachsida substituir Bento Albuquerque no comando do Ministério de Minas e Energia, o presidente da Petrobras, José Mauro Coelho Ferreira, viajou até Brasília para uma série de encontros com ministros do presidente Jair Bolsonaro.

A agenda mais importante está prevista para o fim da tarde desta quinta-feira (12), quando Mauro Coelho espera se reunir pela primeira vez com Sachsida. O objetivo, segundo assessoria do presidente da estatal, é colaborar com a transição e se colocar à disposição em nome da Petrobras.

José Mauro Ferreira Coelho era próximo de Bento Albuquerque, tendo ocupado o cargo secretário de petróleo e gás no ministério, e foi indicado pelo antigo ministro para substituir o general Joaquim Silva e Luna. A CNN procurou o Ministério de Minas e Energia que, até o momento, não confirmou o encontro.

Com a exoneração de Bento Albuquerque, o futuro do colegiado eleito em abril é incerto. O presidente do Conselho de Administração da Companhia, Márcio Weber, disse à CNN que não espera mudanças, apesar de não ter recebido informações sobre o destino dele e de Mauro Ferreira. “Afinal de contas, esse governo tem pouco tempo, estamos em pleno ano eleitoral e seria mais um desgaste”, avaliou sobre uma eventual substituição.

A passagem de José Mauro Ferreira Coelho por Brasília ainda conta com reuniões na Casa Civil, chefiada por Ciro Nogueira, e no Banco Central. Os encontros, segundo sua assessoria, foram propostos pelo presidente da Petrobras com objetivo de buscar diálogo institucional. Casa Civil ainda não tem informações sobre a reunião com o presidente da Petrobras nesta quinta em Brasília. O BC ainda não respondeu oficialmente.

José Mauro Ferreira Coelho completa 1 mês no comando da Petrobras neste sábado (14). Desde que tomou posse, o executivo tem publicado nas redes sociais fotos de encontros com autoridades, além de mensagens aos funcionários e à população. Nas postagens, aparecem encontros de Ferreira com Ciro Nogueira, Joaquim Leite, ministro do Meio Ambiente, e Cláudio Castro, governador do Rio de Janeiro. No discurso de posse, no dia 14, ele afirmou que sua gestão iria valorizar o aperfeiçoamento da comunicação externa, uma demanda do presidente Jair Bolsonaro.

Casa Civil ainda não tem informações sobre a reunião com o presidente da Petrobras hoje em Brasília. O BC ainda não respondeu oficialmente.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*