Carregando...

Coreia do Sul participará de reunião preliminar de grupo de fabricantes de chips liderado pelos EUA

A Coreia do Sul deve participar de uma reunião preliminar de um grupo liderado pelos Estados Unidos de grandes fabricantes de microchips, incluindo Taiwan e Japão, disse o ministro das Relações Exteriores sul-coreano nesta quinta-feira.

A participação de Seul na reunião preliminar do chamado grupo "Chip 4" pode aumentar as apostas para o país, que busca navegar na disputa entre Estados Unidos e China sobre tecnologia de semicondutores e microprocessadores.

  • Max Born, o físico quântico que alertou o mundo sobre 'a causa de todos os males'
  • Carbono, micróbios e água: veja o que já achamos no planeta Marte
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

Os semicondutores são o principal item de exportação da Coreia do Sul. A China é seu maior parceiro comercial, enquanto a tecnologia dos Estados Unidos, como equipamentos de fabricação, é fundamental para a produção de chips, e ambos os países abrigam grandes clientes.

Em seus comentários aos repórteres, o ministro das Relações Exteriores, Park Jin, não detalhou o que seria discutido além de dizer que o país participaria da reunião.

De acordo com uma pesquisa com 300 exportadores pela Câmara de Comércio e Indústria da Coreia anunciada na quarta-feira, 53% dos entrevistados disseram que o país deveria se juntar ao grupo liderado pelos Estados Unidos, 41% disseram que deveria adiar a adesão por enquanto, enquanto 5% se opuseram à adesão.

O presidente norte-americano Joe Biden, sancionou a Lei CHIPS este mês, que fornece 52 bilhões de dólares em subsídios para fabricação e pesquisa, além de um crédito fiscal de investimento estimado em 24 bilhões de dólares para fábricas de chips.

O Ministério do Comércio da China disse na quinta-feira que o país se opõe à nova lei de chips dos Estados Unidos e tomará medidas contundentes para salvaguardar seus direitos legítimos quando necessário.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar