Carregando...

Média móvel de internações por Covid sobe 11,8% na regional de Campinas em duas semanas

Paciente com Covid-19 é atendido em leito de UTI em hospital de Ribeirão Preto, SP — Foto: Reprodução/EPTV

Paciente com Covid-19 é atendido em leito de UTI em hospital de Ribeirão Preto, SP — Foto: Reprodução/EPTV

A média móvel de internações por Covid-19 no Departamento Regional de Saúde da 7ª região (DRS-7), com sede em Campinas (SP), voltou a subir. Segundo relatório da Fundação Seade, o dado desta segunda-feira (7) apresenta alta de 11,8% no comparativo com o cenário do grupo de 42 municípios de duas semanas atrás (227). Em números absolutos, a média móvel de 254 novas hospitalizações é a maior para a região desde 9 de abril de 2021, quando o indicador apontava 258.

Na avaliação da infectologista Raquel Stucchi, da Unicamp, os indicadores são claros ao apontar para a necessidade de medidas mais restritivas diante do avanço da pandemia. Entretanto, ela acredita que decisões de viés econômico impedem esse movimento.

"Provavelmente vão esperar o Dia dos Namorados. Foi assim em outros momentos. Os números não permitiam flexibilização no início de maio, mas teríamos o Dia das Mães", pontua.

Segundo a especialista, que integra a Sociedade Brasileira de Infectologia, esse comportamento vai prolongando os piores cenários da pandemia.

"E vamos acumulando trabalhadores da saúde exaustos, vamos acumulando serviço de saúde colapsado, vamos acumulando outras doenças sem atendimento e vamos acumulando óbitos", completa.

Pico de internações

No sábado (5), a regional de Campinas registrou 292 pessoas internadas por Covid nos 42 municípios da região. Foi o maior volume para um único dia em dois meses. Para quem atua na linha de frente, lidar com um novo agravamento da pandemia preocupa e amplia os desgastes físico e psicológico.

"A sensação é horrível. Eu faço tudo o que posso, e a Covid te vence. Você se sente um lixo. É um negócio absurdo. É uma sensação de 'enxugar gelo'. Morre e já tem alguém para ocupar o leito", lamenta Alexandre Angione, diretor de assistência do Hospital Municipal Mario Covas, de Hortolândia (SP).

O número aferido no sábado foi o maior desde 2 de abril, quando a regional contabilizou 327 internações Covid em um único dia - houve o registro de 298 hospitalizações em 28 de maio, mas o Seade destaca que uma instabilidade na notificação no sistema do SUS provocou uma variação atípica na data.

Municípios no DRS-7

O DRS-7 abrange 42 municípios. São eles:

Águas de Lindóia, Americana, Amparo, Artur Nogueira, Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Bragança Paulista, Cabreúva, Campinas, Campo Limpo Paulista, Cosmópolis, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jaguariúna, Jarinu, Joanópolis, Jundiaí, Lindóia, Louveira, Monte Alegre do Sul, Monte Mor, Morungaba, Nazaré Paulista, Nova Odessa, Paulínia, Pedra Bela, Pedreira, Pinhalzinho, Piracaia, Santa Bárbara d'Oeste, Santo Antônio de Posse, Serra Negra, Socorro, Sumaré, Tuiuti, Valinhos, Vargem, Várzea Paulista e Vinhedo.

VÍDEOS: veja o que mais é notícia na região de Campinas

200 vídeos

Veja mais notícias da região no G1 Campinas


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*