Carregando...

Compositora de hits do sertanejo, Márcia Araújo passeia pelo Rodeio de Americana para achar 'novas gírias' e apresentar canções

Compositora Márcia Araújo esteve na Festa do Peão de Americana — Foto: Júlio César Costa/g1

Compositora Márcia Araújo esteve na Festa do Peão de Americana — Foto: Júlio César Costa/g1

Enquanto cantores e duplas entravam e saíam do palco da 34ª Festa do Peão de Americana, uma mulher discreta e simpática passeava pelo local e batia papo com praticamente todos os artistas que se apresentavam no evento. Era Márcia Araújo, compositora de aproximadamente 400 canções gravadas pelos maiores nomes da música sertaneja na atualidade.

LEIA TAMBÉM:

  • Veja como foi a penúltima noite do rodeio
  • Fotos do sábado na Festa do Peão
  • Confira a página especial do evento

É dela, sempre em parceria com outros dois ou três autores, hits como “Ficha Limpa” (Gusttavo Lima), “Amar Não é Pecado” (Luan Santana), e “Propaganda” (Jorge e Mateus), só para ficar entre nomes que cantaram na festa em Americana. O passeio pelos bastidores têm vários motivos: rever amigos, descobrir novas gírias e, claro, mostrar novas músicas para as duplas.

“Eu tenho cerca de mil músicas registradas. Um pouco mais de 400 já foram gravadas”, contabiliza a compositora.

Trajetória

A primeira música escrita por Márcia e que estourou foi “Robin Hood da Paixão”, em 2008, gravada pela dupla Hugo Pena e Gabriel, no ápice do estouro do sertanejo universitário. Mas foi quatro anos depois que a vida dela mudou.

Era 2012 e Munhoz e Mariano resolveram gravar “Camaro Amarelo”, que Márcia assina junto a Thiago Machado, Bruno Caliman e Marco Aurélio. O hit virou um fenômeno, se tornou a canção mais tocada no Brasil, tomou conta das rádios e foi parar até em comerciais de TV. Desde então, não faltou mais trabalho para ela e seus muitos parceiros.

Márcia demorou para encontrar seu caminho. Sonhava ser escritora ou qualquer outra profissão que tivesse a ver com escrita. “O jornalismo também era uma possibilidade, mas aí pintou a música”, conta.

Última aposta e força das mulheres

A última aposta da compositora vai para “Terminou com Calma”, gravada recentemente por Lauana Prado com participação de Juan Marcus e Vinicius. A jovem cantora goiana, que já se coloca como um dos grandes nomes da atualidade do sertanejo feminino, é uma das poucas mulheres a gravar canções de Márcia. As outras foram Simone e Simaria, com “Presente de Deus”.

“O número de duplas e cantores é maior atualmente. Mas fico feliz quando outras mulheres gravam músicas que têm a minha assinatura”, avisa.

Márcia Araújo é compositora de uma série de hits sertanejos — Foto: Júlio César Costa/g1

Márcia Araújo é compositora de uma série de hits sertanejos — Foto: Júlio César Costa/g1

VÍDEOS: saiba tudo sobre Campinas e Região

200 vídeos

Veja mais notícias da região no g1 Campinas


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*