Carregando...

Ceará registra os dois primeiros casos da variante Mu em mulheres que viajaram à Colômbia

Paciente de covid-19 em Bogotá, Colômbia, em foto de junho;— Foto: Reuters

Paciente de covid-19 em Bogotá, Colômbia, em foto de junho; — Foto: Reuters

O Ceará registrou dois casos da variante Mu, originalmente encontrada na Colômbia, em duas mulheres que moram em Fortaleza. Ela têm idades de 45 e 47 anos, e tomaram uma dose da vacina contra a Covid-19. Ambas tem histórico de viagem para a Colômbia. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (15) pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa).

  • Pela 1ª vez, governo de MG fala em transmissão comunitária da variante mu do coronavírus
  • Variante Mu: o que se sabe sobre linhagem do coronavírus prevalente na Colômbia

Segundo rastreamento, as duas mulheres desembarcaram na capital cearense em 6 de julho com sintomas gripais, foram a unidades de saúde e cumpriram autoisolamento durante a infecção.

Os dois casos da variante Mu foram identificados pela Rede Genômica da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) e o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as variantes de interesse são mutações que devem ser observadas pelo potencial de transmissão ou escape de anticorpos, mas ainda não são consideradas variantes de preocupação, como é o caso da Alfa (Reino Unido), Beta (África do Sul), Gama (Brasil) e Delta.

Assista às notícias do Ceará no G1 em 1 Minuto:

200 vídeos

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*