Carregando...

Prioridade em filas a idosos, gestantes e pessoas com deficiência em qualquer guichê de atendimento é aprovada no CE

Idosos, pessoas com deficiência e gestantes vão ter prioridade em quaisquer guichês de atendimento no Ceará, caso governador sancione lei. — Foto: Leon Botão/G1

Idosos, pessoas com deficiência e gestantes vão ter prioridade em quaisquer guichês de atendimento no Ceará, caso governador sancione lei. — Foto: Leon Botão/G1

A Assembleia Legislativa aprovou nesta quarta-feira (10) a lei que concede atendimento prioritário a idosos, pessoas com deficiência, gestantes e pessoas com crianças de colo em quaisquer guichês ou unidades disponíveis em estabelecimentos públicos e privados no Ceará. O projeto de lei aprovado foi apresentado pelo deputado estadual Guilherme Sampaio (PT).

  • Compartilhe esta notícia no WhatsApp
  • Compartilhe esta notícia no Telegram

De acordo como texto, o atendimento prioritário não será mais limitado aos guichês ou unidades de atendimentos exclusivos, garantindo que essa prioridade se dê, a qualquer tempo, em todas as unidades ou guichês disponíveis.

“Essa lei já vigora em Fortaleza e surgiu de uma constatação elementar. Nesses ditos ‘caixas exclusivos’, se formavam filas maiores ainda do que aquelas dos demais caixas. Então, apresentamos esse projeto de lei para garantir a preferência para essas pessoas se dê em qualquer fila. Aprovamos na Capital e, agora, conseguimos estendê-la a todo o Ceará”, afirmou o deputado Guilherme.

LEIA TAMBÉM:

  • Multidão se aglomera na fila de banco em Fortaleza e aguarda até 7 horas por atendimento
  • Procon pede multa de R$ 14 milhões caso banco não elimine filas na madrugada em Fortaleza

O projeto tem como base a Lei nº 10.189, que está vigor em Fortaleza desde 14 de maio de 2014. Após a aprovação no legislativo estadual, o projeto segue agora para a sanção do governador Camilo Santana (PT), o que deve ocorrer nos próximos dias.

Assista às notícias do Ceará no g1 em 1 Minuto:

200 vídeos

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*