Carregando...

Quem era MC Black, funkeiro achado morto em praia de Fortaleza

MC Black, morto em Fortaleza, publicava as músicas em um canal no YouTube. — Foto: Arquivo pessoal

MC Black, morto em Fortaleza, publicava as músicas em um canal no YouTube. — Foto: Arquivo pessoal

O cantor de funk Francisco Ytalo Oliveira de Queiroz, conhecido como MC Black, encontrado morto em uma praia de Fortaleza, estava em início de carreira e tinha um canal no YouTube, onde compartilhava suas músicas.

  • Compartilhe esta notícia no WhatsApp
  • Compartilhe esta notícia no Telegram

Morador do Bairro Granja Portugal, na capital cearense, MC Black estava desaparecido desde segunda-feira (22), quando informou aos familiares que iria à Praia de Iracema para gravar conteúdos para as redes sociais, que era a principal ferramenta usada pelo funkeiro para a divulgação do trabalho. O corpo dele foi encontrado nesta quarta-feira (24), boiando na Praia da Leste-Oeste.

LEIA TAMBÉM:

  • Cantor de funk, MC Black é encontrado morto na Praia da Leste-Oeste, em Fortaleza
  • RIO: MC Jotinha é morto a tiros após tentar apartar briga em um bar
  • PERNAMBUCO:Cantor de brega-funk MC Pitbull da Firma tem caixão desenterrado e incendiado

Músicas do funkeiro abordam desde a trajetória do jovem da periferia em busca reconhecimento como cantor a funks proibidões. — Foto: Arquivo pessoal

Músicas do funkeiro abordam desde a trajetória do jovem da periferia em busca reconhecimento como cantor a funks proibidões. — Foto: Arquivo pessoal

Cinco canções do funkeiro estão disponíveis no Youtube, são elas: "Tropa da Mansão Nordestina", "Pobre Louco", "Encanto da Sereia", "Diamante Negro" e "Filha do Polícia". A última, publicada há um mês, fala sobre o relacionamento amoroso entre um jovem negro da periferia que se envolve com a filha de um policial.

As músicas de MC Black abordam desde sua trajetória como morador de periferia em busca do sonho para ter reconhecimento como cantor, a funks proibidões.

MC Black tinha 20 anos e faria aniversário na sexta-feira (26). O primeiro show da carreira dele ocorreria no dia 3 de dezembro, no Bairro Bonsucesso.

Desaparecimento

Cantor de funk, MC Black foi encontrado morto na Praia da Leste-Oeste, em Fortaleza. — Foto: Arquivo pessoal

Cantor de funk, MC Black foi encontrado morto na Praia da Leste-Oeste, em Fortaleza. — Foto: Arquivo pessoal

Segundo familiares, o cantor saiu de casa por volta das 8h da segunda-feira (22), passou em uma agência bancária para sacar dinheiro e, logo em seguida, foi à Praia de Iracema. Ele disse para alguns parentes que às 11h já estaria em casa. No entanto, o cantor não voltou e familiares começaram a procurá-lo através do rastreador da motocicleta dele.

O aparelho indicou que a moto estava na Praia de Iracema. Os parentes do MC foram até o local, mas não o encontraram. Ainda na praia, populares informaram aos familiares que viram dois homens com pedaços de pau obrigando o cantor de funk a andar. Segundo as testemunhas, eles colocaram o MC dentro de um carro e, desde então, o cantor ficou desaparecido.

MC Black foi encontrado morto na Praia da Leste-Oeste, em Fortaleza. — Foto: Arquivo pessoal

MC Black foi encontrado morto na Praia da Leste-Oeste, em Fortaleza. — Foto: Arquivo pessoal

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública informou que uma da Polícia Civil atendeu a ocorrência do achado de cadáver. O corpo foi encontrado por populares no mar e levado para a faixa de areia. Ele apresentava lesões possivelmente feitas por objeto perfurocortante. O crime é investigado pela Divisão de Homicídios.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública, ou para o (85) 3101-0181, o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias também podem ser encaminhadas para o telefone (85) 3257-4807, da Divisão de Homicídio, que também é o WhatsApp do Departamento. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Assista às notícias do Ceará no g1 em 1 Minuto:

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*