Carregando...

Mulher celebra última quimioterapia com mensagem em carro pelas ruas de Fortaleza: 'comemore comigo'; vídeo

Família põe mensagens em carro para comemorar última quimioterapia da mãe, em Fortaleza.

Família põe mensagens em carro para comemorar última quimioterapia da mãe, em Fortaleza.

As buzinas de carros e motocicletas, normalmente utilizadas para a comunicação de trânsito, passaram uma mensagem diferente nesta quinta-feira (23), em Fortaleza: a comemoração de um momento simbólico. A autônoma Nivia Rocha percorreu ruas da cidade celebrando a realização da última quimioterapia que ela precisou passar. Mensagens escritas nos vidros do veículo pediam algo simples: "buzine para mim" e "comemore comigo".

A família de Nivia, que tem três filhos e um esposo, ajudou nos preparativos da ação, pintando os vidros e filmando os condutores que buzinavam para ela (veja no vídeo acima). Nivia trata um câncer de mama que ela descobriu no fim de 2020. A moradora de Fortaleza precisou passar por 16 sessões de quimioterapia.

"A minha intenção foi passar para as pessoas a alegria que eu estava sentindo naquele momento, que é possível vencer", explicou a autônoma.

LEIA TAMBÉM:

  • Conheça a história de Marina Alves, repórter que passou por um transplante de medula após descobrir existência de irmã aos 32 anos
  • Paciente de câncer raro retira tumor de 18 kg e consegue remédio que custa mais de R$ 134 mil por ano após ação judicial, no Ceará

Ela disse, inclusive, que o apoio da família, como filhos, esposo, mãe e irmãos, foi um dos pilares fundamentais para contribuir na recuperação. E com as mensagens no carro, ela pôde sentir também a emoção de pessoas que nem a conhecem.

Nivia levou doces para agradecer a equipe médica que cuidou dela durante a quimioterapia, em Fortaleza. — Foto: Arquivo pessoal

Nivia levou doces para agradecer a equipe médica que cuidou dela durante a quimioterapia, em Fortaleza. — Foto: Arquivo pessoal

"A recepção nas ruas foi a coisa mais linda. Eu não tinha dimensão que seria uma alegria tão grande. Às vezes, não tinha um carro para buzinar, mas a gente parava perto de uma parada de ônibus e todo mundo começava a bater palma", agradeceu a autônoma.

A comemoração foi ainda mais especial para Nivia e a família porque ela disse que passou por diversos problemas durante o tratamento — que ela sabe ainda não ter encerrado. "Eu tive muitas intercorrências. Foi um tratamento bem doloroso, bem difícil. Tive de interromper algumas vezes por causa de algumas doenças que eu tive, fiz uma nova cirurgia. Mas hoje eu comemorei o fim de um ciclo", declarou a autônoma.

Reforço à prevenção

Nivia disse que, no fim de 2019, fez uma consulta que detectou um nódulo benigno, mas o médico pediu que ela ficasse acompanhando o caso. Contudo, com a pandemia de Covid-19, ela não conseguiu prosseguir com as consultas.

Nivia Rocha fez 16 sessões de quimioterapia para tratar câncer de mama, em Fortaleza. — Foto: Arquivo pessoal

Nivia Rocha fez 16 sessões de quimioterapia para tratar câncer de mama, em Fortaleza. — Foto: Arquivo pessoal

Já no fim de 2020, ela começou a sentir dores no peito, mas custou a acreditar que poderia ser algo grave. "Eu não queria acreditar, mas meu esposo marcou [uma consulta] e me levou ao médico. Lá, eu infelizmente tive o diagnóstico. Foi muito difícil. É um processo muito complicado se ver naquela situação e passar tudo que estou passando", revelou a autônoma. Apesar da negação inicial, Nívia hoje reforça a importância por um diagnóstico breve.

"A prevenção é o caminho. Se alguém previne, não vai precisar passar por tanta luta como eu e muitas mulheres passaram", declarou Nivia.

Ela disse que, inclusive, decidiu fazer os exames em 2019 porque a sogra dela também teve câncer de mama, mas conseguiu tratar com radioterapia e cirurgia. Foi o caso com a sogra que acendeu o alerta em Nivia, porque ela ajudou a cuidar da sogra em recuperação.

Assista às notícias do Ceará no g1 em 1 Minuto

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*