Carregando...

Instrutor de paraplano morre após corda se romper; cerol pode ter causado acidente - Notícias - R7 Cidades

O instrutor de voo Marcelo Nunes Rodrigues, de 36 anos, morreu em um acidente de paraplano nesta terça-feira (21), em Aparecida de Goiânia (GO). 

Vídeos gravados no momento do acidente mostram uma das linhas de sustentação do equipamento, que suporta mais de 1.500 quilos, rompendo-se no ar durante o voo.

Marcelo era instrutor de voo de paraplano, equipamento também conhecido como parapente,  há dez anos. A polícia suspeita que o equipamento tenha sido cortado por uma linha com cerol, já que havia muitas pipas no local.

"É uma aeronave da categoria mais segura e é sustentada através de linhas, tipo um paraquedas. Pelo o vídeo que eu vi, cortou a linha em cima, em uma das pontas da asa. É linha de cerol, esse crime que está acontecendo", disse um dos alunos de Marcelo, que fez a análise dos vídeos. 

O caso é investigado.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*