Carregando...

Conversa de Repórter

Cansei, tchau! - Prisma - R7 Conversa de Repórter

A notícia mais importante do dia é,apenas, uma: estou de férias. 

Pra qual estúdio eu volto? - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Televisão, ao vivo, sempre será umacaixinha de surpresa. Quem se dispõe a ficar diante de uma câmera assume, todosos dias, o risco de cair em alguma cilada. Muitas vezes, do nosso próprio cérebro.

'Conversa de Repórter ao vivo' entrevista Lair Rennó - Prisma - R7 Conversa de Repórter

O jornalista foi o braço direito de Fátima Bernardes no programa Encontro, da Rede Globo. Hoje, é uma das estrelas da Record em Minas Gerais. Nessa conversa comigo, ele falou sobre a carreira e, acredite, até cantou!

O último beijo do gordo - Prisma - R7 Conversa de Repórter

A televisão, a comunicação, o jornalismo, a arte, tudo vai perdendo a graça. Vai perdendo força, inteligência, intelectualidade. 

Aos haters, com carinho  - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Não é sobre não aceitar o contraditórionem as críticas ao nosso trabalho. É, apenas, exigir respeito. Perde a razãoquem não sabe se manifestar.

O dia em que fui 'ovacionado'  - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Ficar sob a mira de meia dúzia de ovosnem foi o problema. Difícil foi ser emparedado pelo "Tribunal daInternet" mesmo sem ter razão nenhuma para o julgamento.

Um bando de loucos - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Eu, palmeirense, mas pouco entendido noesporte, tive a missão de reportar a adrenalina dos torcedores numa noite queera só deles. O desafio era muito maior porque euestava no início da minha carreira.

Filial do inferno   - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Nãosei mais por quanto tempo São Paulo vai ter que lidar com isso. Adoraria, comorepórter, não ter que voltar à cracolândia pra reportar esse cenário de guerracontínuo.

'Conversa de Repórter ao vivo' entrevista Bruno Piccinato - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Aqui, selecionei os melhores momentos do bate-papo que fiz com o repórter esportivo da Record; Piccinato falou sobre a carreira profissional e como tem sido a experiência de atuar no jornalismo policial do Balanço Geral.

O combinado não sai caro - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Dei minha palavra de que aquelasimagens não sairiam do meu celular. E foi o que fiz. Nenhum chefe meu soube daexistência desse material. Agora, vão saber.

Até o fim - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Vim pra SP sem nem saber se ia darcerto, se iam gostar de mim, se eu iria me adaptar. Apenas vim. A única coisa daqual eu tinha certeza era de que me esforçaria, ao máximo, pra entregar omelhor de mim.

Desinformação mata. Vacina,não! - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Quando criança, nunca reclamei deagulhada no braço. Nunca quis saber quem produzia as vacinas. Não seria agora,aos 30 anos, que cometeria essa insensatez. 

'Conversa de Repórter ao vivo' entrevista Eleandro Passaia - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Aqui, selecionei os melhores momentos do bate-papo que fiz com o apresentador do Balanço Geral Manhã; Passaia falou sobre a carreira profissional e revelou detalhes do dia em que passou mal, ao vivo, no programa. 

A metamorfose do jornalismo - Prisma - R7 Conversa de Repórter

A gente põe terno, gravata, mas tambémmergulha, faz rapel e até voa, se for preciso.

Frio pra quê? - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Eu, particularmente, nunca gostei de frio. Trabalhando de madrugada, dificilmentevou gostar. Tudo fica muito mais complicado com os termômetros lá embaixo, acomeçar pelo horário que o meu celular desperta.

Minha mãe numa reportagem minha  - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Escrevo e não consigo evitar os olhosmarejados. Aquela foi a reportagem mais linda que eu já fiz. A reportagem quemais fez sentido na minha vida pessoal e profissional.

Tô voando na Record  - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Comecei a semana em terra firme e vou terminá-la nas alturas. Pra mim, foi desafiador até porque tenho medo de altura. Isso não chega a me paralisar, mas sempre evitei esse tipo de aventura. 

Parabéns pra nós! - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Pra marcar o primeiro ano do Conversa de Repórter, no R7, amanhã tem bate-papo, ao vivo, pelo instagram doportal com o apresentador Celso Zucatelli, a partir das 18h.

Tiro, porrada e bomba - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Eu sabia que seria uma cobertura tensa. Sónão imaginava que seria tanto.

É sobre isso, sim!  - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Dia do Jornalista: "Não é romantizar aprofissão. Não é se sentir o todo poderoso. É, apenas, reconhecer o quanto a sociedadeprecisa de um jornalismo forte. O quanto nós precisamos ser fortes".

O mundo gira e, às vezes, capota - Prisma - R7 Conversa de Repórter

No meu caso, resolvi ser jornalista.Decidi virar repórter, um ofício que, por si só, já exige uma rapidezsobrenatural. Fiquei off. Mas agora tô on.

Mais de um minuto só pro 3, 2, 1... - Prisma - R7 Conversa de Repórter

A notícia vale mais do que o repórter. Não há nem o que se comparar. Só que não dá pra entrar dequalquer jeito na sua casa. Aí, pra ficar "ajeitadinho" dá um trabalho...

Faca de dois gumes - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Trabalhar como repórter policial é acordar e dormir pedindo proteção a Deus. É ter coragem e medo ao mesmo tempo. É ser taxado de "carniceiro",sensacionalista, urubu e mais um monte de coisa impublicável. 

Dias de luta, dias de guerra - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Essa semana, o mais perto que consegui chegar do confronto sangrento entre Rússia e Ucrânia foi ouvindo histórias de quem, praticamente, se viu no meio do fogo cruzado. Aquele era o lado humano do conflito.

Viver fora da caixa - Prisma - R7 Conversa de Repórter

Hoje, aquele garoto da caixa deve ter lá seus cinco aninhos, deve estar espoleta, correndo pra lá e pra cá, fazendo molecagens. Sinceramente, espero que essa seja a vida dele.