Carregando...

Vacinação contra a Covid: mais de 122 milhões de brasileiros estão totalmente imunizados; 156 milhões tomaram a primeira dose

Mais de 122 milhões de brasileiros completaram o esquema vacinal e estão totalmente imunizados contra a Covid. Os dados do consórcio de veículos de imprensa divulgados às 20h desta quarta-feira (10) apontam que, no total, 122.487.005 pessoas receberam a segunda dose ou a dose única de imunizantes, número que representa 57,42% da população.

Tomaram a primeira dose de alguma vacina contra a Covid e estão parcialmente imunizados 156.403.747 pessoas, o que representa 73,32% da população.

A dose de reforço foi aplicada em 11.015.573 pessoas (5,16% da população).

Somando a primeira dose, a segunda, a única e a de reforço, são 289.906.325 doses aplicadas desde o começo da vacinação.

  • Mapa da vacinação contra a Covid-19
  • Média móvel de mortes no Brasil e nos estados
  • Mortes e casos por cidade

De ontem para hoje, a primeira dose foi aplicada em 79.307 pessoas, a segunda em 738.617, a dose única em -16.391 (negativa por conta de recontagem de doses), e a dose de reforço em 221.125, um total de 1.022.658 doses aplicadas.

Santa Catarina teve uma recontagem de todas as doses aplicadas, deixando os números negativos no estado. Rondônia passa por uma instabilidade em seu sistema e, por isso, também tem todas as doses com números negativos, menores do que do dia anterior. E, por fim, Bahia teve uma recontagem das vacinas de dose única aplicadas.

Os estados com maior porcentagem da população imunizada (com segunda dose ou dose única) são: São Paulo (70,78%), Mato Grosso do Sul (65,68%), Rio Grande do Sul (63,27%), Paraná (62,35%) e Santa Catarina (61,40%) .

Já entre aqueles que mais tem sua população parcialmente imunizada estão São Paulo (80,92%), Paraná (76,70%), Santa Catarina (76,65%), Rio Grande do Sul (76,02%) e Minas Gerais (75,36%).

O levantamento é resultado de uma parceria do consórcio de veículos de imprensa, formado por G1, "O Globo", "Extra", "O Estado de S.Paulo", "Folha de S.Paulo" e UOL. Os dados de vacinação passaram a ser acompanhados a partir de 21 de janeiro.

Brasil, 10 de novembro

  • Total de pessoas que estão parcialmente imunizadas (que receberam apenas uma das doses necessárias): 156.403.747 (73,32% da população)
  • Total de pessoas que estão totalmente imunizadas (que receberam duas doses ou dose única): 122.487.005 (57,42% da população)
  • Total de doses aplicadas: 289.906.325 (85,81% das doses distribuídas para os estados)
  • 24 estados divulgaram dados novos: GO, MS, PA, PE, RJ, SE, RR, PI, ES, AP, RS, MG, AL, TO, MT, MA, SP, AM, CE, PB, BA, RN, RO, SC
  • 2 estados e o DF não divulgaram dados novos: AC, DF, PR

Total de vacinados, segundo os governos, e o percentual em relação à população do estado:

  • AC - 1ª dose: 554.357 (61,13%); 2ª dose + dose única: 388.579 (42,85%); dose de reforço: 8787
  • AL - 1ª dose: 2.294.981 (68,19%); 2ª dose + dose única: 1.581.348 (46,99%); dose de reforço: 105992
  • AM - 1ª dose: 2.637.468 (61,77%); 2ª dose + dose única: 1.920.416 (44,97%); dose de reforço: 127245
  • AP - 1ª dose: 496.788 (56,61%); 2ª dose + dose única: 296.725 (33,81%); dose de reforço: 9751
  • BA - 1ª dose: 10.520.359 (70,2%); 2ª dose + dose única: 7.569.196 (50,51%); dose de reforço: 516059
  • CE - 1ª dose: 6.564.871 (71,04%); 2ª dose + dose única: 5.273.842 (57,07%); dose de reforço: 303302
  • DF - 1ª dose: 2.262.338 (73,11%); 2ª dose + dose única: 1.772.532 (57,28%); dose de reforço: 156764
  • ES - 1ª dose: 3.038.740 (73,96%); 2ª dose + dose única: 2.353.378 (57,28%); dose de reforço: 382470
  • GO - 1ª dose: 5.095.097 (70,7%); 2ª dose + dose única: 3.536.839 (49,08%); dose de reforço: 278344
  • MA - 1ª dose: 4.346.635 (60,76%); 2ª dose + dose única: 3.071.399 (42,94%); dose de reforço: 177955
  • MG - 1ª dose: 16.135.264 (75,36%); 2ª dose + dose única: 12.426.372 (58,03%); dose de reforço: 1216708
  • MS - 1ª dose: 1.964.422 (69,19%); 2ª dose + dose única: 1.864.698 (65,68%); dose de reforço: 286356
  • MT - 1ª dose: 2.475.421 (69,39%); 2ª dose + dose única: 1.792.238 (50,24%); dose de reforço: 104022
  • PA - 1ª dose: 5.104.480 (58,16%); 2ª dose + dose única: 3.426.745 (39,04%); dose de reforço: 0
  • PB - 1ª dose: 2.987.623 (73,59%); 2ª dose + dose única: 2.044.551 (50,36%); dose de reforço: 175672
  • PE - 1ª dose: 7.010.883 (72,47%); 2ª dose + dose única: 5.124.842 (52,97%); dose de reforço: 381699
  • PI - 1ª dose: 2.397.468 (72,89%); 2ª dose + dose única: 1.734.626 (52,74%); dose de reforço: 93416
  • PR - 1ª dose: 8.894.830 (76,7%); 2ª dose + dose única: 7.230.464 (62,35%); dose de reforço: 623115
  • RJ - 1ª dose: 12.769.228 (73,12%); 2ª dose + dose única: 9.363.143 (53,62%); dose de reforço: 1203924
  • RN - 1ª dose: 2.535.271 (71,2%); 2ª dose + dose única: 1.909.260 (53,62%); dose de reforço: 199529
  • RO - 1ª dose: 1.175.396 (64,75%); 2ª dose + dose única: 878.510 (48,4%); dose de reforço: 52505
  • RR - 1ª dose: 338.175 (51,81%); 2ª dose + dose única: 184.978 (28,34%); dose de reforço: 5289
  • RS - 1ª dose: 8.716.861 (76,02%); 2ª dose + dose única: 7.255.325 (63,27%); dose de reforço: 740476
  • SC - 1ª dose: 5.624.823 (76,65%); 2ª dose + dose única: 4.505.763 (61,4%); dose de reforço: 389575
  • SE - 1ª dose: 1.682.836 (71,96%); 2ª dose + dose única: 1.240.315 (53,04%); dose de reforço: 99118
  • SP - 1ª dose: 37.746.944 (80,92%); 2ª dose + dose única: 33.016.948 (70,78%); dose de reforço: 3327512
  • TO - 1ª dose: 1.032.188 (64,22%); 2ª dose + dose única: 723.973 (45,04%); dose de reforço: 49988

Quantas doses cada estado recebeu até 10 de novembro

  • AC: 1.015.363
  • AL: 5.001.935
  • AM: 5.990.190
  • AP: 1.103.710
  • BA: 23.213.977
  • CE: 15.154.436
  • DF: 5.539.357
  • ES: 7.351.740
  • GO: 11.115.040
  • MA: 9.026.875
  • MG: 35.798.209
  • MS: 4.450.795
  • MT: 5.966.787
  • PA: 12.624.655
  • PB: 5.975.804
  • PE: 15.151.290
  • PI: 5.005.945
  • PR: 18.965.340
  • RJ: 26.015.376
  • RN: 5.993.170
  • RO: 2.700.558
  • RR: 1.039.048
  • RS: 19.361.396
  • SC: 12.336.634
  • SE: 3.615.485
  • SP: 75.943.569
  • TO: 2.405.955

Consórcio

O consórcio de veículos de imprensa foi formado em junho de 2020, em resposta a uma decisão do presidente Jair Bolsonaro de, na ocasião, restringir acesso a dados sobre a pandemia. Os boletins informam, atualmente, o número de pessoas mortas por coronavírus, a quantidade de contaminados e a média móvel, indicador segundo o qual é possível verificar em quais estados a pandemia do novo coronavírus está aumentando, diminuindo ou em estabilidade.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*