Carregando...

Homem tenta matar esposa asfixiada após bebedeira - Cidades - R7 Diário Digital

Um homem foi preso em flagrante em Dourados (MS) após tentar matar a esposa asfixiada e também quebrar móveis do apartamento onde os dois moravam. O caso aconteceu na madrugada deste sábado, 15 de Janeiro, no bairro Residencial Cidade Jardim II.

Conforme as informações da polícia, a vítima, uma mulher de 47 anos, disse que por volta das 2h deste sábado o marido, um homem de 49 anos identificado como 'Roberto', chegou em casa embriagado.

Ele teria dito à mulher que estava bebendo na casa do cunhado, irmão da vítima. Ao ser questionado por chegar tarde, o homem não gostou e partiu para a briga. A mulher correu e se trancou em um dos quartos da casa, dizendo que se ele não a quisesse poderia ir embora, momento em que o acusado teria dito que somente iria após matá-la e quebrar tudo dentro de casa.

O homem chutou a porta e conseguiu entrar no quarto. A vítima disse que correu para a cozinha e o autor foi atrás, conseguindo agarrá-la e a asfixiando. Ela somente conseguiu se soltar após desferir arranhões contra o marido, mas ele ainda pegou uma mesa e atirou contra ela.

A mulher contou que conseguiu fugir e foi 'salva' por vizinhos que abriram a porta quando ela aproveitou que o marido desceu ao estacionamento para colocar uma mala no carro. Os vizinhos acionaram a polícia.

Quando voltou ao apartamento e notou a ausência da mulher, o homem começou a quebrar todos os móveis do local. Ao chegar no residencial os policiais encontraram a vítima na casa de vizinhos e ao irem até o apartamento dela identificaram que o acusado havia quebrado móveis e objetos.

Ele foi preso e encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário). O homem foi autuado em flagrante por lesão corporal dolosa, ameaça e dano. A vítima solicitou medida protetiva contra o marido. 

(Com informações Dourados News)

O post Homem tenta matar esposa asfixiada após bebedeira apareceu primeiro em Diário Digital.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*