Carregando...

Em nota, PMMS lamenta morte de policial de MS assassinado a tiros por enteado - Cidades - R7 Diário Digital

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (PMMS) divulgou nota na tarde deste domingo (19) em que lamenta a morte do sargento de Sonora (MS), Francisco Targino da Cruz, de 50 anos, assassinado a tiros em Rondonópolis, no Mato Grosso, nesta madrugada pelo filho da namorada dele, um jovem, de 18 anos. O crime ocorreu após o militar atirar contra a mãe do acusado.

Conforme o site Agora MT, o policial militar e a companheira discutiram após voltarem de uma festa em casa noturna local. Ao chegarem em frente à residência dela, o sargento sacou arma e disparou contra o pé da namorada.

O filho estava em casa no momento do crime e escutou os disparos. Ao sair, encontrou a mãe ferida, momento em que entrou em luta corporal com Francisco, pegou a arma de fogo das mãos do sargento e efetuou disparo contra ele, na altura do tórax.

"A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul (PMMS) lamentou a morte do sargento Francisco Targino da Cruz", afirma parte da nota.

Guarnição da Polícia Militar realizava patrulhamento pela região e escutou os disparos, informa o site de notícias. Prontamente, os militares se deslocaram a residência e encontraram a mulher e o policial caídos ao solo, além do jovem com a arma nas mãos.

Os policiais deram ordem para que o suspeito largasse a arma e virasse de costas, ação que foi obedecida pelo jovem. Ele foi algemado e preso em flagrante.

Confira nota na íntegra

Em nota oficial, a Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul (PMMS) lamentou a morte do sargento Francisco Targino da Cruz, de 50 anos de idade, morto com um tiro no tórax disparado pelo enteado da namorada após uma luta corporal. O jovem de 18 reagiu ao ver a mãe baleada no pé pelo militar. O caso ocorreu nesta madrugada, na região do Parque Universitário, em Rondonópolis.

Segundo as informações do Boletim de Ocorrência registrado, após uma discussão possivelmente motivada por ciúme, o policial sacou a arma e disparou contra a própria companheira, acertando-a no pé.

O enteado, que ouviu o tiro, saiu de dentro da casa e entrou em luta corporal com o sargento. Ele conseguiu tomar a arma e efetuou um disparo contra o policial. Francisco chegou a ser socorrido pelo Samu, mas morreu no hospital Regional.

O post Em nota, PMMS lamenta morte de policial de MS assassinado a tiros por enteado apareceu primeiro em Diário Digital.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*