Carregando...

Dicas para aproveitar o verão cuidando bem dos seus ouvidos?

 — Foto: Divulgação: Direito de Ouvir.

— Foto: Divulgação: Direito de Ouvir.

Pode-se dizer que as férias de verão estão entre os passeios mais aguardados do ano. Afinal, é durante a temporada que milhares de brasileiros aproveitam para viajar ou fazer qualquer programação que os faça sair um pouco da rotina.

Inclusive, não restam dúvidas de que momentos como esse são fundamentais para preservar a saúde mental e repor as energias, não é mesmo?

Porém, o que muitos acabam se esquecendo é que a saúde, de um modo geral, não tira férias. Por isso, requer cuidados específicos durante essa época.

A seguir, confira algumas dicas sobre o tema e como você pode cuidar, não só da sua saúde, como também da sua audição durante as férias. Boa leitura!

1. Use (e abuse) do protetor solar

O protetor solar não é um creme que deve ser usado apenas uma vez ao dia, o recomendado é que ele seja aplicado a cada duas horas.

Durante a aplicação do protetor solar é recomendado retirar os aparelhos auditivos e, após a aplicação, lavar bem as mãos e só então recolocá-los. O uso de chapéu também ajuda a proteger não só a cabeça dos raios solares, mas também a incidência do sol direto nos aparelhos.

No entanto, é preciso saber que, quando em contato com a água, esse intervalo de tempo pode ser ainda menor. Afinal, a água, especialmente, a salgada e com cloro, acabam por diminuir a proteção oferecida pelo produto, mesmo para os protetores solares com fator FPS 100.

Além disso, a recomendação é sempre aplicar protetores solares 30 minutos antes da exposição ao Sol, o que evita os riscos à saúde da pele.

2. Hidrate-se bastante nas férias de verão

Para proteger nossa pele, apenas o protetor solar não é suficiente. Em épocas como essa, onde os dias são mais longos e mais quentes, é preciso, além de evitar o Sol entre às 12h e 15h, sempre carregar uma garrafinha d’água para se manter hidratado.

Você pode até não praticar atividades físicas mais intensas, como trilha, pedaladas ou escalada em montanhas, mas se manter refrescado é essencial para aproveitar ao máximo suas férias de verão e deixar o seu organismo livre de quaisquer problemas.

Além disso, o ideal é ingerir pelo menos 1 litro e meio de água ao dia, o que será o bastante para aquelas horas mais quentes.

3. Pegue leve na alimentação

Comer fora, principalmente no verão, costuma ser sinônimo de frituras e comidas pesadas. No entanto, isso é exatamente o oposto do que seu corpo precisa para se manter saudável.

Em épocas de maior calor, nosso organismo trabalha mais devagar, inclusive na hora de ingerir alimentos. Por isso, a preferência é optar por comidas mais leves, como vegetais, frutas e carnes magras, como peixe, por exemplo.

Isso facilitará a digestão dos alimentos, além de deixá-lo disposto por um período maior de tempo. E você já sabe, né? Quanto mais disposição, mais tempo para curtir sua viagem você terá!

4. Cuidar dos ouvidos é essencial

Embora o verão seja a estação mais aguardada pelos turistas, é também a época em que mais se registram infecções e dores de ouvido. Isso se dá justamente pelo fato de não tomarmos as medidas corretas de prevenção ao nos banharmos.

A otite externa, também conhecida por “otite de verão”, é uma infecção que ocorre na pele do ouvido, muitas vezes causada pela exposição prolongada de água no ouvido.

Além de provocar dor extrema, secreção, febre e inchaço no canal auditivo, ela também é capaz de provocar a diminuição de nossas habilidades auditivas, inclusive levar à perda da audição.

Aliás, aplicar produtos como álcool, azeite, hastes flexíveis e diversas “receitinhas caseiras”, ao invés de resolver o problema, pode agravar a situação.

A seguir, confira algumas dicas para evitar que estes problemas aconteçam e manter a saúde do seu ouvido em dia:

  • O que fazer quando entrar água no ouvido: ao sentir que está com água no ouvido, incline a cabeça para o lado para facilitar a saída da água. Caso o problema não seja resolvido em até 48 horas, procure um profissional da área para resolver este problema;
  • Utilize protetores ao entrar na água: protetores são grandes aliados na prevenção de doenças infecciosas causadas por banhos de piscina e mar, por isso, converse com o seu médico para saber qual a melhor opção para você;
  • Em hipótese alguma insira objetos pontiagudos no ouvido;
  • Atenção às hastes flexíveis: além de retirar uma camada protetora de cerume, elas empurram mais cera para dentro do ouvido, o que inevitavelmente favorece a ocorrência de infecções. O ideal é utilizar somente na parte externa;
  • Após entrar em contato com a água, faça a limpeza corretamente seus ouvidos na parte externa com uma toalha macia, tomando cuidado para não friccionar.

Conclusão

Água no ouvido pode até ser uma condição comum, mas isso não significa que seja inofensiva. Essa situação pode produzir uma variedade de danos, desde dor intensa até surdez permanente.

Portanto, sempre tome cuidado para evitar que líquidos entrem na cavidade do ouvido. Se ocorrer algum problema, siga os procedimentos aqui indicados para resolvê-lo ou procure atendimento médico.

Mesmo durante as férias de verão é preciso manter o cuidado com a sua saúde e lembrar de sempre seguir as recomendações de um especialista. Isso não só evita transtornos futuros, como também garante momentos de diversão ao lado de quem você mais gosta.

E aí, curtiu o artigo?

Compartilhe em suas redes sociais e informe seus amigos e familiares!


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*