Carregando...

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em rua no DF

Delegacia do Riacho Fundo II investiga crime — Foto: Wellington Hanna/G1

Delegacia do Riacho Fundo II investiga crime — Foto: Wellington Hanna/G1

Um homem foi encontrado morto, na noite desta quarta-feira (28), na QN14F do Riacho Fundo II, no Distrito Federal. Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima, de 47 anos, apresentava sinais de espancamento.

Os militares foram chamados pela Polícia Militar às 22h42 e constataram o óbito no local. A vítima foi identificada como Francisco Solimar.

"Ele aparentava ter sido espancado e já não apresentava sinais vitais", informou a corporação.

  • Pai é preso suspeito de matar filho a tiros em Ceilândia
  • Jovem é morto a tiros em praça do Riacho Fundo II

A PM disse que Francisco foi atingido com um golpe na cabeça, "após se desentender com uma pessoa e brigar com ela". O suspeito fugiu e não havia sido localizado até a publicação dessa reportagem.

Ao G1, a Polícia Civil informou que o crime é investigado pela 29ª Delegacia de Polícia (Riacho Fundo) como homicídio. No boletim de ocorrência consta que a vítima tinha 46 anos e, não, 47, como informou o Corpo de Bombeiros.

Violência no DF

Junho terminou com 32 duas pessoas vítimas de homicídio no Distrito Federal. Dados mais recentes da Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF) apontam que o mês teve o segundo maior total de assassinatos em 2021.

Apenas janeiro, que teve 39 vítimas, superou o número na capital. Apesar de o DF ter registrado média de 1 homicídio por dia no mês passado, houve redução nos crimes dessa natureza, em comparação com igual período de 2020. Em junho do ano passado foram 34 registros.

De acordo com a pasta, entre janeiro de junho de 2020, foram 195 vítimas de homicídio. Este ano, o número teve redução de 12%, passando para 170 casos.

Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar