Carregando...

Ministério Público apura possível conflito de interesses após Ibaneis abrir lojas do Flamengo no DF

Ministério Público investiga possível conflito de interesses com relação a loja de Ibaneis e jogo do Flamengo no DF — Foto: TV Globo/Reprodução

Ministério Público investiga possível conflito de interesses com relação a loja de Ibaneis e jogo do Flamengo no DF — Foto: TV Globo/Reprodução

O Ministério Público de Contas abriu uma investigação para apurar possível conflito de interesse com relação a um novo investimento do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB). No final do ano passado, junto com os filhos, ele abriu franquias de lojas do Flamengo em dois shoppings da capital.

Torcedor do clube, o chefe do Executivo local flexibilizou, em julho, restrições para conter a pandemia de Covid-19 e permitiu a participação de 30% do público em competições esportivas. A mudança ocorreu às vésperas de um jogo do Flamengo no Estádio Mané Garrincha. Desde então, a capital recebeu pelo menos duas partidas do clube.

LEIA TAMBÉM:

  • Banco de Brasília firma parceria com Flamengo para criação de 'banco digital'
  • GDF muda regras e deixa de exigir vacinação contra Covid-19 para presença de público em jogos de futebol

O caso também está sendo analisado pelo Ministério Público do DF (MPDFT). Questionado pela reportagem sobre a situação, o Palácio do Buriti não tinha se manifestado até a última atualização deste texto.

MP investiga suspeita de conflito de interesses na compra de lojas do Flamengo pelo governador

MP investiga suspeita de conflito de interesses na compra de lojas do Flamengo pelo governador

Franquias

Nas lojas do governador, os torcedores encontram camisas e outros itens do time. Os procuradores analisam se a liberação de público para os jogos do time beneficiaram os estabelecimentos de Ibaneis.

Uma das lojas fica em um shopping próximo ao estádio, e foi inaugurada no dia 27 de julho, três semanas antes da vitória do Flamengo sobre o Olímpia, do Paraguai, pela Copa Libertadores. O jogo foi no Mané Garrincha e recebeu um público de mais de 20 mil pessoas.

Ministério Público investiga possível conflito de interesses com relação a loja de Ibaneis e jogo do Flamengo no DF — Foto: Tv Globo/Reprodução

Ministério Público investiga possível conflito de interesses com relação a loja de Ibaneis e jogo do Flamengo no DF — Foto: Tv Globo/Reprodução

Em um documento encaminhado aos órgãos de fiscalização, o deputado Leandro Grass (Rede) argumenta que há indícios de improbidade no caso, "uma vez que a autorização para realização de jogos com público, em Brasília, interfere diretamente no faturamento de suas lojas, que são licenciadas pelo Flamengo".

Flamengo e BRB

Gabigol, do Flamengo, comemora gol em cima do Fluminense — Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Gabigol, do Flamengo, comemora gol em cima do Fluminense — Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

No ano passado, o Banco de Brasília (BRB), que tem o governo do DF como principal acionista, fechou uma parceria com o Flamengo para a criação de um banco digital. Com a medida, o BRB se tornou o responsável por operacionalizar a folha de pagamento do clube.

A instituição também tem preferência na contratação, por parte do Flamengo, de produtos e serviços bancários como empréstimos, cartões e seguros.

  • Ministério Público de Contas questiona parceria entre Flamengo e Banco de Brasília

Em troca, o banco oferece aos torcedores do time soluções bancárias, de investimento, de seguros, de meios de pagamento, entre outros. Além disso, o grupo tem acesso a uma plataforma digital com produtos personalizados, programa de relacionamento e "experiências exclusivas".

O Flamengo recebe parte dos lucros desses produtos e traz o nome do banco nas camisas dos jogadores.

Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*