Carregando...

Angelina Jolie é acusada de tentar prejudicar Brad Pitt

Foto: Divulgação/Universal Pictures / Pipoca Moderna

O ator Brad Pitt ("Era Uma Vez em Hollywood") acredita que sua ex-esposa, a atriz e cineasta Angelina Jolie ("Malévola"), busca prejudicá-lo ao tornar públicos os detalhes de uma briga que o casal teve à bordo de um avião, em 2016.

Na ocasião, Pitt teria jogado cerveja em Angelina Jolie e a agredido, o que motivou a separação do casal. Ele também foi acusado de agarrá-la pelos ombros e a sacudir enquanto gritava.

  • Cleo se casa com Leandro D'Lucca no candomblé; confira fotos
  • Sumiço de Maria Beltrão no 'Criança Esperança' deixa público em alerta
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

Essa informação se tornou conhecida nesta terça (16/8), após a revelação dos documentos de um processo que até então corria de forma anônima.

"Foi investigado e não houve acusações", disse uma fonte próxima de Pitt à revista People, referindo-se ao trabalho do FBI, que investigou a denúncia por ter acontecido num voo internacional. O Departamento de Serviços Infantis e Familiares de Los Angeles também ouviu testemunhas e inocentou Pitt. "Eles investigaram. Prepararam materiais, revisaram juntos e decidiram não denunciá-lo", completou a fonte.

Os detalhes da briga vieram à tona após Jolie processar o FBI, de forma "anônima", para que os documentos da investigação realizada fossem tornados públicos.

Mas a fonte ouvida pela People afirma que tanto Pitt quanto Jolie tiveram acessos aos documentos em questão por seis anos, e que, ao solicitar os documentos, Jolie só pretendia "reavivar um problema que era doloroso para todos e que foi resolvido há seis anos".

"Quais são as motivações de uma pessoa para usar o tempo do tribunal e recursos públicos para preencher um pedido anônimo pela Lei de Liberdade de Informação para um material que ela têm há anos? Só há uma: infligir o máximo de dor possível em seu ex. Não há nenhum benefício nisso. É prejudicial para as crianças e toda a família que isso seja tornado público."

Apesar disso tudo, a fonte afirma que Pitt está tranquilo diante da situação, "considerando as frustrações em torno dessas circunstancias".

"São ondas e mais ondas de tentativas de machucá-lo", disse a fonte. "Ele permaneceu praticamente em silêncio, exceto para reconhecer as coisas em que poderia melhorar. Ele permaneceu em silêncio sobre esse assunto porque sabe que é a melhor coisa para seus filhos, que é melhor para todos. Ele manteve essa postura apesar de uma interminável enxurrada de ataques e tentativas de usar os tribunais contra ele."

Jolie também não falou publicamente sobre os detalhes do incidente do avião. Mas, no processo, a atriz afirmou que sua briga com o ex-marido aconteceu na parte de trás do avião e ele bebia no momento da discussão. Jolie alegou que Pitt agarrou seus ombros e a sacudiu enquanto gritava: "Você está fod*ndo essa família".

Segundo a atriz, Pitt também teria agredido Maddox, depois que o filho, então com 15 anos, tentou intervir na discussão. O que consta no relatório do FBI, porém, é que Pitt xingou um dos filhos, sem especificar qual, dizendo que ele se parecia "com a droga de um menino de Columbine" - uma referência aos adolescentes que massacraram os colegas de uma escola à tiros em 1999.

A denúncia também alega que Pitt supostamente causou mais US$ 25 mil em danos ao avião particular, e que a briga teria continuado fora do voo. Jolie contou que, mais tarde, sofreu ferimentos e até entregou uma foto de seu cotovelo machucado para apoiar as suas acusações.

Logo após o incidente, o casal de celebridades se divorciou e Pitt decidiu publicamente parar de beber. Nenhuma acusação foi levada adiante contra o ator.

No ano passado, Jolie comentou sobre seu divórcio. "Eu não sou o tipo de pessoa que toma decisões, como as decisões que tive que tomar, de maneira leviana", disse ela ao The Gardian. "Demorou muito para eu estar em uma posição em que eu senti que tinha que me separar do pai dos meus filhos". Na época, Jolie chegou a mencionar que "há muitas coisas que não posso falar".

Já Pitt mencionou em uma entrevista em 2017 que "é uma chatice ter certas coisas desenterradas em público e mal interpretadas", contou ele à revista GQ Style."Eu me preocupo mais com meus filhos, sendo submetidos a isso."


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Calendar