Carregando...

Produtor Emil Shayeb revela superação e sucesso em sua carreira musical

Uma verdadeira história de superação e sucesso. Essa pode ser a descrição tão concisa quanto completa quando falamos de Emil Shayeb, produtor musical e multi-instrumentista nascido em Bauru, interior de São Paulo. Através de seu talento, ele tem trabalhos desenvolvidos com artistas como Gabriel Sater, Pe. Fábio de Melo, Fantine Tho (Rouge), Larry Taylor, Jay Horsth, Luciana Pires, Gabriel Nandes, entre outros.

Shayeb demonstrou o seu talento desde cedo. Se tornou músico com apenas 12 anos, passando a tocar violão guitarra, baixo, piano e bateria, mas a guitarra é seu instrumento preferido. Ele ganhou este instrumento de seu pai e, mesmo inserido em aulas particulares, se tornou um músico autodidata, ao ler revistas de bancas e observando shows, gravados no antigo formato Video Home System (VHS).

  • A indireta de Simaria para Simone
  • Simaria dispara no Twitter: "Ela não é modelo de sucesso"
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

A carreira musical iniciou quando ele tinha 14 anos, apresentando-se em bandas covers de pop rock na cidade de Bauru e, depois da maioridade, tocando também em outras cidades da região. Com influência do rock nacional e clássico, além do blues, nomes como B.B. King, Eric Clapton, Beatles e os nacionais Paralamas do Sucesso, Legião Urbana, Engenheiros do Hawaii e Capital Inicial sempre estiveram presentes em suas referências.

Banda Valetes, contrato com a Universal Music e grave acidente

Produtor Emil Shayeb revela superação e sucesso em sua carreira musical
Foto: Gabriel Militão / The Music Journal

Em um período de quatro anos, Emil Shayeb viu sua vida mudar em vários aspectos. Em 2009, como cantor e guitarrista da banda Valetes, assinou um contrato com a Universal Music, contando com a produção do conceituado Rick Bonadio, atual proprietário da Midas Music com quem Emil mantém contato e trabalhos até os dias de hoje. A banda encerrou suas atividades em 2013 depois que Emil Shayeb sofreu um acidente que o deixou tetraplégico por quatro meses.

Shayeb mergulhou, bateu a cabeça em um banco de areia e se afogou porque não conseguia se mexer. Foi retirado da água já desacordado por um amigo. Ainda, na tentativa de massagem cardíaca, ele fraturou três vértebras e o médico que o atendeu disse que o artista tinha apenas quatro horas de vida, por conta de uma inflamação na medula. Ele precisaria fazer uma cirurgia com risco de morte, mas ainda assim, sem garantia de que voltaria a ter movimentos, o que, felizmente, não se comprovou.

"Uma chance para tentar novamente, um novo dia está chegando, a chance de amar novamente, a chance de viver novamente" - Emil Shayeb

Depois de quatro meses, o músico recuperou os movimentos e, nos meses seguintes, já conseguia ir para o estúdio e se ocupar. A única forma que ele encontrou para se aproximar da música era focar seu processo criativo no computador, onde produziu música eletrônica e nasceu a faixa Aim For The Star (Apontar para as estrelas), em parceria com Rick Bonadio. A canção foi gravada pela cantora Luciana Pires para o projeto EK Musik, que surgiu em 2015.

"Uma chance para tentar novamente, um novo dia está chegando, a chance de amar novamente, a chance de viver novamente", disse Emil Shayeb, sobre a necessidade de viver a vida e aproveitar a chance que teve de sobreviver.

Aim For the Starpavimentou o caminho para que o duo EK Musik entrasse para a lista das três músicas eletrônicas mais tocadas do Brasil e só perdeu para composições de Calvin Harris e Daft Punk. Além disso, outra faixa do duo, It's You, figurou entre as mais tocadas nas rádios do Reino Unido. O duo finalizou suas apresentações em 2016.

Produção musical e engenharia de som

Uma verdadeira história de superação e sucesso. Essa pode ser a descrição tão concisa quanto completa quando falamos de Emil Shayeb, produtor musical e multi-
Foto: Gabriel Militão / The Music Journal

Paralelamente aos trabalhos com a banda, Emil sempre gostou de produzir para amigos e adquiria equipamentos de estúdio para isso. Com o acidente, a produção do EK Musik e já em outro momento de vida, Emil se viu em um bom período para deixar a estrada e os palcos, e se dedicar ao estúdio e ao aprimoramento na carreira como engenheiro de som, ofício que começou da observação e encontrou profissionalização em cursos com nomes como Joe Chicarelli, Mick Guzauski, Chris Lord-Alge e Al Schimit.

Desde o ano de 2007, a Valetes Records, de propriedade de Emil Shayeb e localizada em Bauru (SP), realiza um trabalho especializado em assessoria de uma forma ampla, com uma equipe que atua como gestores, desenvolvendo e apoiando o plano de carreira do artista de uma forma completa, sendo ele iniciante ou já possuindo uma trajetória no mercado. Através de um planejamento estratégico e coerente, a

empresa segue um roteiro adequado para lançar e/ou divulgar o artista, por meio de produção musical, ações e táticas específicas e funcionais focadas no público-alvo.

Parcerias de sucesso

Emil segue atento às tendências do mercado musical, buscando sempre novos talentos. Além disso, ele celebra o sucesso em suas parcerias como a com o ator, cantor e compositor Gabriel Sater, que também faz sucesso na novela Pantanal da Rede Globo. Ele é responsável por toda distribuição digital dos recentes lançamentos de Sater, inclusive, da canção Amor de Índio, que já ultrapassou de seu primeiro milhão de reproduções, tanto no Spotify, quanto em seu clipe no YouTube.

Já com a cantora e compositora Fantine Tho (integrante do Rouge), Emil assina a produção musical em Agradeço e Gurudev Shankara - trabalhos mais recentes da carreira da artista, além da recém-lançada Jack Soul Ragatanga e demais projetos que virão pelos próximos meses.

Prêmios conquistados

Ao longo da carreira, Emil Shayeb foi duas vezes indicado para o Prêmio Multishow de Música Brasileira (2011-2012), venceu o Meus Prêmios Nick do Nickelodeon, na categoria Revelação Musical em 2012, além do Prêmio Jovem Brasileiro, na categoria de melhor música, em 2014 e do Digital Awards, em 2017.

Emil também é membro votante do Grammy Latino.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Calendar