Carregando...

A verdade sobre a ‘mansão abandonada’ de Hebe em área nobre de SP

No YouTube, vídeos mostrando o interior da ‘mansão abandonada’ de Hebe somam milhões de visualizações. 

Há tiktokers que também aproveitaram a curiosidade geral sobre o imóvel e fizeram gravações.

  • A lição de Hebe, 34 anos atrás, a quem não respeita os gays
  • Detalhes da mansão francesa de Neymar invadida duas vezes
  • Como é a mansão de Silvio Santos, de onde ele raramente tem saído
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

Pessoas param os carros diante da propriedade, no Morumbi, zona sul de São Paulo, para fazer fotos. 

O aspecto fantasmagórico gerou uma espécie de lenda urbana, assim como a casa abandonada de Higienópolis, da suposta fugitiva do FBI. 

Mas a verdade pode frustrar muita gente: a mansão em ruínas nunca pertenceu à saudosa rainha da televisão. 

Hebe se mudou para aquela residência quando se uniu ao empresário Lélio Ravagnani, na década de 1970. 

O filho único da artista, Marcello, nascido de seu primeiro casamento, morava com eles. 

Ali, deu grandes festas, enfrentou a solidão nos anos longe da TV e renasceu para o estrelato. 

Em 1983, ela sofreu um momento de pânico. Assaltantes invadiram o local. Levaram dinheiro e joias. O caso apareceu nos telejornais. 

A apresentadora se mudou da mansão no ano 2000, logo após a morte de Lélio. 

A casa passou para os dois filhos dele, Leila e Lélio Jr. Hoje, está vinculada a um processo judicial por dívidas. 

Se estivesse em boas condições, valeria cerca de R$ 10 milhões. Destruída, foi colocada à venda por R$ 2 milhões.

Hebe e seu filho, Marcello, nunca foram donos da mansão que está em ruínas
Hebe e seu filho, Marcello, nunca foram donos da mansão que está em ruínas
Foto: Reprodução

Hebe morou a última fase de vida em outra mansão, comprada por ela, perto do casarão desabitado. 

Foi onde morreu em 29 de setembro de 2012, aos 83 anos, em consequência de câncer no mediastino. 

Em vídeo no seu canal ‘Café com Selinho’, Marcello Camargo reclamou de quem insiste dizer que ele é o herdeiro da velha mansão da família Ravagnani. 

O apresentador não ficou nem com o imóvel onde a mãe vivia. Na partilha de bens, fez um acordo para passar a propriedade ao primo, Claudio Pessutti, que era empresário da estrela. 

Claudio morreu de covid-19 em janeiro de 2021. A viúva, Helena, que ainda mora na casa luxuosa, tenta encontrar um comprador.

A fachada da propriedade no elegante e caro bairro do Morumbi
A fachada da propriedade no elegante e caro bairro do Morumbi
Foto: Reprodução
O imóvel se desvalorizou por conta do abandono e está sendo vendido por preço abaixo do mercado
O imóvel se desvalorizou por conta do abandono e está sendo vendido por preço abaixo do mercado
Foto: Reprodução
A porta principal tem maçanetas em 'R' de Ravagnani e 'H' de Hebe
A porta principal tem maçanetas em 'R' de Ravagnani e 'H' de Hebe
Foto: Reprodução
A escada principal da mansão onde Hebe viveu grandes momentos
A escada principal da mansão onde Hebe viveu grandes momentos
Foto: Reprodução
O corredor das suítes do casarão abandonado
O corredor das suítes do casarão abandonado
Foto: Reprodução
A cozinha da mansão é um dos cômodos mais destruídos pelo abandono
A cozinha da mansão é um dos cômodos mais destruídos pelo abandono
Foto: Reprodução

 


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*