Carregando...

Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA aumentam

O número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego aumentou na semana passada, sugerindo algum abrandamento no mercado de trabalho, embora as condições gerais permaneçam apertadas.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego aumentaram em 6.000, para 260.000 em dado ajustado sazonalmente, na semana encerrada em 30 de julho, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. Economistas consultados pela Reuters previam 259.000 pedidos para a última semana.

  • João Paulo Diniz, filho de Abílio Diniz, morre aos 58 anos
  • Câmara aprova MP que muda vale-alimentação e regulamenta trabalho remoto
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

As solicitações ultrapassaram 230.000 no início de junho, atingindo uma máxima de oito meses de 261.000 em meados de julho. Ainda assim, eles permanecem abaixo da faixa de 270.000-300.000 que os economistas dizem que sinalizaria uma desaceleração material no mercado de trabalho.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Calendar