Carregando...

Ações de China e Hong Kong caem com perspectivas de crescimento mais sombrias

As ações da China e de Hong Kong fecharam em baixa nesta quinta-feira, pressionadas por perspectivas de crescimento cada vez mais sombrias para a segunda maior economia do mundo, em meio a surtos de Covid-19, crise imobiliária, onda de calor recorde e um espaço limitado para a flexibilização monetária.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com baixa de 0,87%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,46%.

  • Eike Batista faz leilão bilionário que pode encerrar suas dívidas; veja o que será vendido
  • Petrobras reduz gasolina em R$ 0,18 a partir desta terça-feira, terceira queda em menos de 30 dias
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

O índice de Hong Kong Hang Seng, por sua vez, caiu 0,8%.

O Nomura reduziu sua previsão de crescimento econômico da China, citando dados fracos da atividade em julho, o impacto persistente da pandemia e a pior onda de calor em seis décadas.

"A resposta pode ter sido muito pequena, muito tarde e muito ineficiente", disse o Nomura, que reduziu a previsão de crescimento da China para 2,9% no terceiro trimestre, de 4,0%.

A previsão do PIB para 2023 também foi reduzida, para 5,1%, de 5,5%, e o Nomura espera "uma nova rodada de cortes" nas próximas semanas por outras corretoras.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,96%, a 28.942 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,80%, a 19.763 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,46%, a 3.277 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,87%, a 4.180 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,33%, a 2.508 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,44%, a 15.396 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,33%, a 3.273 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,21%, a 7.112 pontos.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar