Carregando...

Mito ou verdade: teste de QI funciona? Saiba o que dizem os especialistas - Notícias - R7 Educação

Basta entrar em um site de buscas e digitar teste de QI (Quociente de Inteligência) para ver a quantidade de opções disponíveis na internet. A cada dia, uma nova criança é eleita como "novo gênio" por entidades e associações que reúne pessoas extremamente inteligentes ou com o QI alta. Afinal, o teste funciona? Ter um QI alto faz a diferença na vida de uma pessoa? 

Para a psicóloga Priscila Gasparini, "os testes realizados em consultórios de profissionais especializados em saúde mental são eficazes e realmente medem a capacidade cognitiva e intelectual do indivíduo", explica.  No entanto, como ela observa, a "discussão acerca do que não é mensurado, e que atualmente conhecemos novas inteligências como a corporal, sinestésica, espacial, musical, entre outras, não são habilidades mensuráveis pelo teste."

O teste surgiu no século 20, não para identificar gênios, mas para ajudar crianças com dificuldade na escola.  O teste passou por uma série de mudanças ao longo dos anos e atualmente traz gráficos conhecidos como Bell Curve (Curva do Sino), que mostram que notas muito altas ou muito baixas são raras. Notas abaixo de 70 são consideradas muito baixas e acima de 121 é considerado muito inteligente.

Para chegar nesses valores, são analisadas um conjunto de habilidades verbais, mentais e lógico-matemáticas, não considera outras habilidades como as emocionais.

No teste de QI os profissionais analisam se a idade mental e a idade cronológica são compatíveis e se ele possui um desenvolvimento cognitivo acima da média para a sua idade. "Hoje temos testes que avaliam a capacidade de memorização, a lógica, a linguagem, a rapidez do processamento cognitivo, entre outros itens. É importante ressaltar que os testes de QI. utilizados pelos psicólogos tem fundamentação cientifica, diferente de vários testes que estão disponíveis pela internet."

"Ter um QI alto significa que a pessoa tem um bom potencial cognitivo e intelectual, acima da média e tendem a responder de forma mais rápida e eficaz a um estímulo, aprendem com maior facilidade", conclui Priscila.

O físico Albert Einstein desenvolveu a teoria da relatividade e tinha o QI em 160 pontos. Outro físico brilhante, Stephen Hawking, tinha a mesma pontuação, 160.

Steve Jobs, cofundador da Apple tinha 140 pontos. Já seu concorrente no ramo da informática, Bill Gates tem o QI de 162 pontos.

O russo Garry Kasparov, considerado um dos maiores jogadores de xadrez de todos os tempos, possui também uma das maiores pontuações no teste de QI: 190.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar