Carregando...

Por unanimidade, TSE aprova candidaturas de Lula e Eymael  - Notícias - R7 Eleições 2022

Por unanimidade, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovaram nesta quinta-feira (8) os registros de candidatura do ex-presidente Lula (PT) e de José Maria Eymael (DC) à corrida ao Palácio do Planalto. 

No caso de Lula, o ministro Carlos Horbach descartou irregularidades nos registros e afastou a ocorrência de inelegibilidade. O plenário também aprovou o registro da candidatura do ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) para candidato a vice na chapa do petista. 

Para o ministro, Eymael também cumpriu todos os requisitos previstos na legislação e, portanto, está apto a concorrer ao cargo de presidente da República. João Barbosa Bravo, vice na chapa, também teve o nome aprovado. "Com essa decisão, garante-se o mais tradicional jingle político da história das eleições presidenciais deste país", comentou o ministro após o voto.

Leia também: 'Liberdade', 'democracia', 'bandeira sem partido'; presidenciáveis falam sobre o 7 de Setembro

Até esta quinta-feira (8), a Justiça Eleitoral julgou 12 candidaturas. Do total, 11 foram aprovadas e duas canceladas, — a de Pablo Marçal, que concorria pelo PROS, e a de Roberto Jefferson, nome que disputava pelo PTB.

No caso de Marçal, o partido retirou a candidatura do coach para apoiar a campanha de Lula. Já a candidatura de Jefferson foi negada após o plenário do TSE constatar que ele está inelegível para disputar qualquer eleição até 24 de dezembro de 2023.

No lugar dele, o PTB lançou Padre Kelmon como candidato à Presidência da República. O vice dele será Pastor Gamonal. O registro de candidatura ainda vai passar por julgamento.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*