Carregando...

PDT pede ao TSE inelegibilidade de Bolsonaro por abuso de poder político e econômico no 7 de Setembro

O PDT entrou nesta quinta-feira (8) com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com uma ação para investigar o presidente Jair Bolsonaro por abuso de poder político e econômico nos atos de 7 de Setembro. O partido também requer a inelegibilidade de Bolsonaro.

Bolsonaro participou de dois atos na quarta-feira (7) sobre os 200 anos da Independência. Em Brasília e no Rio, os festejos cívicos e militares foram misturados com ações de campanha do presidente, candidato à reeleição.

Ele discursou para milhares de apoiadores que o esperavam nos eventos, pediu votos, enalteceu ações do seu governo e atacou adversários na eleição.

"Por ser um ato público destinado a louvar um fato histórico para o país, o evento não poderia ter sido transformado em um palanque eleitoral, com a utilização de toda estrutura custeada com dinheiro público", escreveu o PDT na ação.

Bolsonaro usa desfiles militares como palanque eleitoral; candidatos à Presidência criticaram postura

Bolsonaro usa desfiles militares como palanque eleitoral; candidatos à Presidência criticaram postura


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*