Carregando...

"Baby Shark" é o primeiro vídeo do Youtube a alcançar 10 bilhões de visualizações

“Baby Shark”, o inescapável hit amado pelas crianças e muitas vezes temido por seus pais, atingiu um novo marco – 10 bilhões de visualizações no YouTube.

Não é apenas o vídeo mais visto na plataforma, recorde estabelecido em novembro de 2020, mas agora é o único vídeo no site a atingir a marca de 10 bilhões de visualizações, confirmou o YouTube à CNN.

A música infantil, idealizada pela empresa educacional sul-coreana Pinkfong e interpretada pela cantora coreana-americana Hope Segoine, estreou em 2016 e foi um sucesso viral na Ásia, mas só se consolidou na consciência coletiva do mundo todo em 2019.

Nos Estados Unidos, o hit foi transformado em um programa de TV da Nickelodeon, um cereal, um show ao vivo e o grito de guerra dos Washington Nationals ao longo de sua temporada vencedora da World Series.

“Baby Shark” chegou ao Top 40 da Billboard em um ponto e inspirou o canto de Jamie Tartt na série “Ted Lasso”, da Apple TV +.

O vídeo mais assistido do YouTube mostra duas crianças demonstrando a “dança Baby Shark” enquanto o tubarão animado e sua família – incluindo um “Vovô Shark” de bigode – nadam serenamente e depois tentam caçar as crianças. Eles falham, porém, e as crianças comemoram sua segurança enquanto os tubarões observam de longe.

Seu sucesso foi um tanto acidental: em 2019, o CEO da Pinkfong nos EUA, Bin Jeong, disse à CNN que a empresa não esperava que o clipe decolasse do jeito que foi, dizendo: “Aqueles que o fazem, fazem por conta própria”.

Para comemorar o mais recente marco, a Pinkfong convidou crianças de todo o mundo para compartilhar seus “momentos Baby Shark Dance” com a empresa.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*