Carregando...

Morre, aos 95 anos, o poeta amazonense Thiago de Mello

O poeta amazonense Thiago de Mello morreu, aos 95 anos, na madrugada desta sexta-feira (14), de acordo com anúncio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Amazonas. A causa do falecimento ainda não foi divulgada.

Mello, que teve seus livros traduzidos em mais de 30 línguas, ganhou destaque nos cenários nacional e internacional, tratava de assuntos como a vida cotidiana e as belezas da região onde nasceu. Ele era nativo de Barreirinha, no interior do Amazonas.

O velório ocorrerá no Centro Cultural Palácio Rio Negro, em Manaus, ainda sem horário confirmado.

Um dos versos de Mello inspirou a 34ª Bienal de São Paulo, ocorrida em 2021, com o tema “Faz escuro mas eu canto”, trecho escrito pelo poeta em 1965.

O autor fez parte da luta contra a ditadura militar no Brasil, e chegou a ser exilado em países como Argentina e Chile, retornando ao Amazonas após o fim do regime.

*Sob supervisão


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*