Carregando...

João Carlos Martins: Chaplin foi cineasta que ficou para a eternidade

O Especialista CNN em cultura, João Carlos Martins, prestou sua homenagem ao homem que ele considera o maior gênio do cinema: Charles Chaplin.

Chaplin fez diversos filmes, dentre eles “O Grande Ditador” em 1940, sátira ao nazismo alemão. Martins explica: “Quando eu vejo a genialidade de Chaplin, não só como ator, diretor e compositor, vejo que ele foi um cineasta que ficou para a eternidade.”

Chaplin também era compositor, e o maestro João Carlos Martins toca um trecho de uma de suas músicas mais famosas chamada “Luzes da Ribalta”.

Veja mais no vídeo acima.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*