Carregando...

"Lightyear" decepciona nos cinemas e a culpa pode ser do streaming

O último filme da Pixar da Disney,“Lightyear”, que tem Chris Evans dando voz a Buzz Lightyear, estreou com US$ 51 milhões nas bilheterias norte-americanas neste fim de semana.

Esse número veio abaixo das expectativas da indústria, que projetou o filme para fazer cerca de US$ 70 milhões. O filme arrecadou US$ 85,6 milhões em todo o mundo, de acordo com a Disney.

O filme também não conseguiu o primeiro lugar nas bilheterias, abrindo em segundo lugar atrás do segundo fim de semana de “Jurassic World: Domínio”, da Universal, que arrecadou cerca de US$ 58,6 milhões.

A abertura é um lançamento decepcionante para a Pixar – um dos estúdios mais bem-sucedidos e populares de Hollywood. O estúdio de animação – que produziu sucessos como “Toy Story”, “Os Incríveis” e “Procurando Nemo” – faturou US$ 14,7 bilhões nas bilheterias globais.

Para dar algum contexto de como “Lightyear” se saiu em comparação com outros filmes da Pixar, ele se encontra nas últimas colocações de lançamento para o estúdio. A abertura de US$ 51 milhões o coloca atrás de “Carros 3” de 2017, de acordo com a Comscore.

Então, por que “Lightyear” não foi um sucesso?

O filme é baseado em personagens da popular série “Toy Story” e obteve uma pontuação de 77% no Rotten Tomatoes, que é uma pontuação sólida, se não espetacular. Mas vários fatores podem ter contribuído.

Para começar, pode ter sido difícil para o público saber exatamente sobre o que era o filme. Não é bem um filme de “Toy Story”, já que “Lightyear” foi comercializado como um filme sobre o homem por trás do brinquedo, em vez do brinquedo em si. Em última análise, as famílias podem ter ficado confusas sobre o filme e isso pode tê-las afastado.

Este também é o primeiro filme da Pixar a ser lançado nos cinemas desde 2020. Os últimos três filmes do estúdio – “Soul”, “Luca” e “Red” – foram todos diretamente para o Disney +. A escolha de enviar esses filmes para streaming pode ter levado o público a ficar em casa e esperar que “Lightyear” chegasse ao Disney + em vez de comprar um ingresso.

Ao todo, “Lightyear” ainda pode encontrar uma audiência nas próximas semanas, já que não há muita novidade para toda a família nas bilheterias no momento. “Minions: A Origem do Gru”, da Universal e Illumination Entertainment não chega aos cinemas até 1º de julho.

Em outras posições nas bilheterias, “Top Gun: Maverick” continua indo bem. O filme da Paramount, estrelado por Tom Cruise, ficou em terceiro lugar com US$ 44 milhões em seu quarto fim de semana. Isso é uma queda de apenas 15% em relação à semana passada.

O filme – que tem Cruise reprisando seu papel como Pete “Maverick” Mitchell de “Top Gun” de 1986 – arrecadou US$ 885 milhões globalmente até agora.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*