Carregando...

Irmãos usaram perfil falso de mulher para atrair jovem e assassiná-lo no ES, diz polícia

Vítima foi atraída por meio de um perfil falso — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Vítima foi atraída por meio de um perfil falso — Foto: Divulgação/Polícia Civil

O perfil falso de uma rede social foi usado por dois irmãos para atrair o jovem Wedson Dias Monteiro, de 22 anos, e assassiná-lo em Jardim Limoeiro, na Serra, na Grande Vitória.

A descoberta foi feita durante as investigações da Polícia Civil que levaram à prisão da dupla em abril. Agora, eles virarem réus por este crime.

O caso aconteceu no dia 20 de setembro de 2020, mas já estava sendo planejado um mês antes, de acordo com a polícia.

Os acusados Breddy Pereira Alves, de 19 anos, e Nicolas Brayan Pereira Alves, de 21, criaram o perfil de uma mulher e mantiveram conversa com a vítima até conseguirem marcar com um encontro.

"A vítima tinha envolvimento com o tráfico de drogas em Jardim Tropical, foi expulso e passou a ser ameaçado. No dia do encontro, a vítima e um amigo chegam em um carro ao local combinado. O amigo foi atrás de uma carreta urinar, momento em que o alvo ficou sozinho e foi surpreendido por um atirador", contou o delegado Rodrigo Sandi Mori, titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Serra.

Ferido por um tiro nas costas e outro nas nádegas, Wedson tentou correr e escapar do assassino. Neste momento, mais disparos foram feitos contra ele. Dessa vez, quem atirava era o outro criminoso. Ao todo, mais de 20 tiros foram disparados.

Vídeo mostra o momento dos disparos que mataram Wedson Dias

Vídeo mostra o momento dos disparos que mataram Wedson Dias

Outras duas pessoas que estavam sentadas na calçada em frente ao condomínio foram atingidas por balas perdidas, sendo uma atingida de raspão na nuca e outra ferida na perna.

"Poderia ter sido uma tragédia ainda maior, já que dois moradores do condomínio foram baleados quando tentavam se proteger dos tiros e havia um bar com muitos clientes nas proximidades. Por já termos mapeado a área verde de Jardim Tropical, local onde Nicolas e Breddy atuavam no tráfico, não tivemos dificuldades em identificá-los como autores do crime", pontuou o delegado.

Nicolas Brayan Pereira Alves, de 21 anos, preso por assassinato na Serra — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Nicolas Brayan Pereira Alves, de 21 anos, preso por assassinato na Serra — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Os dois irmãos são réus por homicídio qualificado por motivo torpe e impossibilidade de defesa da vítima e dupla tentativa de homicídio.

A prisão da dupla aconteceu aconteceu no dia 22 de abril. Na casa de Nicolas, a equipe da DHPP localizou dois quilos e meio de crack e um quilo de maconha.

 Breddy Pereira Alves, 19 anos, preso por assassinato na Serra, ES — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Breddy Pereira Alves, 19 anos, preso por assassinato na Serra, ES — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Vídeos: tudo sobre o Espírito Santo

200 vídeos

  • Veja o plantão de últimas notícias do G1 Espírito Santo


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*