Carregando...

Estrondo em prédio com rachaduras assusta moradores em Cariacica, no ES

Moradores estão com medo de rachaduras em prédio de Cariacica

Moradores estão com medo de rachaduras em prédio de Cariacica

Moradores de um condomínio habitacional em Cariacica, na Grande Vitória, ficaram assustados depois que escutaram um estrondo vindo de um dos prédios na noite desta quarta-feira (17).

De acordo com uma moradora que não quis se identificar, após o barulho, por volta das 19h, diversas rachaduras apareceram na parte de fora e de dentro do bloco 06, o prédio mais atingido. O imóvel fica no residencial Vale Vila Platina, em Campina Grande.

"Cada bloco tem cinco andares com 10 apartamentos cada. Em alguns andares, como no quinto, por exemplo, a cerâmica do piso se soltou em vários pontos dos corredores", comentou a moradora.

Rachaduras em prédio assustam moradores em Cariacica, no ES — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Rachaduras em prédio assustam moradores em Cariacica, no ES — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Acionada, a Defesa Civil da Prefeitura de Cariacica esteve no local para atender os moradores de forma emergencial e interditou o bloco 6 de forma preventiva após identificar um estufamento dos pisos e recalque (afundamento) na fundação.

Na manhã desta quinta-feira (18), uma nova vistoria foi realizada por três engenheiros da defesa civil. Após a análise, a pasta decidiu liberar a área mediante o monitoramento semanal que, por ser uma área particular, deverá ser feito por uma empresa qualificada contratada pelo condomínio.

A prefeitura também pediu um estudo detalhado, que também deverá ser feito pelo condomínio, para identificar a real causa do estufamento dos pisos e afundamento da fundação.

Cerâmica do piso de apartamento se solta após estrondo.— Foto: Reprodução/TV Gazeta

Cerâmica do piso de apartamento se solta após estrondo. — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Em entrevista à TV Gazeta, o técnico em automação industrial Wallace Rodrigues, morador do bloco 06 do condomínio, disse que o imóvel é novo e que os moradores devem procurar a construtora.

"Quem tinha parente, foi para a casa de parente; quem não tinha, foi para hotel. Esse é um condomínio novo, foi inaugurado em 2015, e precisamos de uma resposta da empresa. Os tetos estão quase desabando", comenta.

A MRV, empresa responsável pelo construção do condomínio, informou por meio de nota que, assim que tomou ciência do ocorrido, encaminhou uma equipe técnica para o local e averiguar a real situação e entender a origem do estrondo.

Vídeos: tudo sobre o Espírito Santo

  • Veja o plantão de últimas notícias do g1 Espírito Santo


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar