Carregando...

Vitória 471 anos: conheça quem cuida da cidade enquanto a maioria dorme

Vitória, a capital do Espírito Santo, completa nesta quinta-feira (8) 471 anos. Para seus moradores mais orgulhosos, data propícia para exaltar suas belezas e potenciais. E não é para menos, Vitória reúne visuais bucólicos e, ao mesmo tempo, é o centro econômico da Região Metropolitana. Cercada de mar, de verde e rochedos que emolduram a paisagem.

Mas, o que pouca gente lembra, é que a cidade também dorme. E quando isso acontece, tem muita gente que se dedica em cuidar dela e, nesta data de aniversário, tem motivos de sobra para comemorar e se sentir parte da data.

O g1madrugou e foi conhecer essas histórias de perto. É o caso do Edmar do Nascimento, um motorista de carro pipa que dedica suas noites e madrugadas a irrigar as plantas da 'nossa linda Vitória', como ele mesmo diz.

Com sua equipe, ele ajuda a dar vida para os 1.650.000 metros quadrados de áreas verdes da cidade.

Edmar mostra o orgulho de cuidar de Vitória à noite há mais de 13 anos — Foto: Jaqueline Vianna

Edmar mostra o orgulho de cuidar de Vitória à noite há mais de 13 anos — Foto: Jaqueline Vianna

São parques, jardins, campos e muitas áreas que precisam de pessoas como Edmar para que a cidade continue sendo uma das mais verdes do Brasil. Nascido e criado na cidade, ele fala com orgulho do ofício que executa há mais de 13 anos.

Vitória completa 471 anos cercada de verde e mar — Foto: Reprodução TV Gazeta

Vitória completa 471 anos cercada de verde e mar — Foto: Reprodução TV Gazeta

"Eu me encanto todos os dias. Vitória é toda bonita. Gosto de ver as imagens dos navios entrando na cidade, dos canoeiros chegando na madrugada para entrarem no mar. De ver o sol nascer na Praia de Camburi. Muitas vezes tiro foto e mando para minha mulher e minha filha", destaca Edmar.

Os navios chegando no Porto compõem uma beleza que encanta os moradores — Foto: Reprodução TV Gazeta

Os navios chegando no Porto compõem uma beleza que encanta os moradores — Foto: Reprodução TV Gazeta

Se o ofício do Edmar é zelar pela cidade, ele tem uma mensagem para as pessoas que moram na capital do estado. "Aproveitem a cidade, suas paisagens. Eu, mesmo quando não estou trabalhando, gosto de andar de bicicleta pela orla, apreciar a paisagem. Isso traz paz", contou.

A engenheira civil Regina Destefani também cuida da cidade, mas não é pela profissão, mas por opção. Ela é remadora e pelo menos quatro vezes por semana, antes do sol nascer, ela sai de casa com seu remo para receber o sol em alto mar.

Se cada um fizer sua parte, a cidade fica cada vez melhor, diz Regina — Foto: Jaqueline Vianna

Se cada um fizer sua parte, a cidade fica cada vez melhor, diz Regina — Foto: Jaqueline Vianna

O que inicialmente seria um esporte e um lazer, virou uma missão. Ela e os colegas canoeiros são, extraoficialmente, verdadeiros guardiões do mar ao redor da ilha.

Quando veem animais em perigo, presos às redes, param tudo para resgatar. Mesmo lixo, quando encontram, param para colocar na canoa e dar a destinação correta.

"É uma relação natural que acaba acontecendo quando estamos no mar, uma intimidade com a natureza. Então percebemos quando algo está errado e denunciamos. Acho que se cada um, ao seu modo, fizer alguma coisa, tudo será melhor. Não adianta só depender do poder público. Vitória é especial e merece, e ela vista do mar, é ainda mais deslumbrante", diz Regina.

Vitória vista do mar: uma paisagem que inspira os moradores da cidade — Foto: Reprodução TV Gazeta

Vitória vista do mar: uma paisagem que inspira os moradores da cidade — Foto: Reprodução TV Gazeta

A ilha de Vitória é formada por um arquipélago composto por 33 ilhas e por uma porção continental, totalizando 93,38 quilômetros quadrados. As paisagens encantam quem chega de avião, navio ou pela via terrestre.

Cuidar das plantas, da natureza, do mar e dos animais. Tudo isso é de suma importância, mas cuidar das pessoas também é uma prova de amor à Vitória.

Isso é o que pensa a empresária Karoliny Lenzi da Silva, que costuma dedicar as madrugadas das sextas-feiras para levar comida, agasalho e um sorriso para as pessoas que vivem em situação de rua.

Karoliny dedica as noites das sextas-feiras para cuidar de pessoas em situação de rua — Foto: Arquivo pessoal

Karoliny dedica as noites das sextas-feiras para cuidar de pessoas em situação de rua — Foto: Arquivo pessoal

"Quanto mais a gente tem amor e zelo pela cidade, mais a gente tem satisfação em ajudar. Para mim, fazer esse trabalho, é ganhar a noite, tenho muita gratidão e alegria no coração, e vou ouvindo e dando atenção às pessoas que precisam e merecem palavras de conforto", completa a empresária.

Programação de aniversário

Para comemorar seu 471 anos, Vitória recebeu uma programação especaial ao longo da semana. As atividades em comemoração ao aniversário da cidade tiveram início no dia 1º e continuam.

A programação inclui exposições, oficinas, visitações, apresentações de dança, festivais, atividades esportivas e shows de artistas locais.

Quinta-feira (8)
Parque Moscoso a partir das 8h: atividades especiais na Praça da Ciência e exposição de trabalhos da Educação Ambiental no Parque Moscoso, que também terá apresentação dos serviços de convivência e fortalecimento de vínculos da Secretaria de Assistência Social (Semas) e ações do Vitória com Você e Cidade do Consumidor, com oferta de serviços do Procon, Saúde, Sine e qualificação profissional;

Tancredão a partir das 8h: Copinha Vitória e Superliga de Beach Soccer;

Praça do Papa a partir das 17h: apresentação de coral e outras atrações, entre elas o show de Gabriel Guedes e banda às 21h.

De acordo com a Prefeitura, a programação se estende por todo o mês de setembro, entretanto, as demais atividades ainda não foram divulgadas.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*